Alonso queria motores iguais mas Hamilton acrescentou: "Não podem ser Honda..."

A carregar o vídeo ...
Fernando Alonso (McLaren-Honda), Lewis Hamilton (Mercedes), Daniel Ricciardo (Red Bull-TAG Heuer) e Sebastian Vettel (Ferrari) integraram um painel que lançou o primeiro Grande Prémio da temporada 2017 do Mundial de Fórmula 1, proporcionando alguns momentos de boa disposição na conferência de imprensa. Mas neste, Alonso aproveitou para insistir no alerta ao problema que afeta a sua escuderia, o qual assenta na fiabilidade da unidade motriz Honda. Na resposta a um jornalis que pretendia saber o que gostariam de pedir à Liberty, novo detentor dos direitos comerciais da competição, Ricciardo começou por falar numa corrida em Las Vegas, no que foi seguido por Vettel (GP na Alemanha) e Hamilton (Miami), que adiantou ainda: "Gostaria de dessem mais passes a mulheres no 'paddock'. Há demasiados homens". Vettel pediu "motores V12", obtendo o acordo dos rivais, mas Alonso aproveitou a deixa: "Concordo com tudo o que disseram... e motores iguais para todos". "Com essa não concordo", ripostou Hamilton, de sorriso nos lábios. Ricciardo disse logo a seguir "mas que não sejam [motores] elétricos". E Hamilton reforçou: "E que não sejam Honda... estava a brincar".
Deixe o seu comentário
Deixe o seu comentário


Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.