Foi há 31 anos: ex-jogador do Benfica decide liga inglesa da forma mais incrível de sempre

A carregar o vídeo ...
O jogo estava inicialmente agendado para 23 de abril mas teve de ser adiado. A tragédia de Hillsborough, onde morreram 96 pessoas, estabeleceu outras prioridades e o Liverpool-Arsenal passou a ser o último jogo do campeonato inglês, coincidentemente também o jogo entre as duas únicas equipas que podiam ser campeãs na temporada 1988/89.

Os gunners estava na frente duas jornadas antes do embate de Anfield mas deitaram quase tudo a perder com uma derrota com o Derby County e um empate com o Wimbledon. Assim, os reds tinham três pontos a mais (76 no total) do que o Arsenal e ainda melhor diferença de golos, aquele que é o primeiro fator de desempate em Inglaterra. Na prática, o Arsenal só seria campeão se vencesse por dois ou mais golos de diferença o que aparentava ser quase um milagre: o Liverpool não perdia por essa margem em casa há mais de três e o próprio emblema londrino não triunfava em Anfield há 15 anos! Mas o mais improvável de tudo aconteceu mesmo. Depois do nulo ao intervalo, Alan Smith colocou o Arsenal em vantagem aos 52 minutos e deixava em aberto um feito inolvidável que Michael Thomas conseguiria. O médio que passou pelo Benfica entre 1998 e 2000 decidiu o campeonato inglês com um golo aos 90'+1 minutos, que precipitou a festa forasteira em Anfield assim como a coroação do campeão. [Imagens: Arsenal Media]
8
Deixe o seu comentário
8
Deixe o seu comentário


Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0