Gerrard diz que Guardiola não tem "qualquer desculpa" para só escolher seis suplentes

A carregar o vídeo ...
O Manchester City foi a Turf Moor defrontar o Burnley com apenas seis jogadores no banco de suplentes. Pep Guardiola adiantou que não tinha mais disponíveis devido a problemas físicos, mas a explicação não convenceu comentadores e jornalistas que chamaram a atenção para o facto do clube ter equipas de formação e a de reservas. O primeiro a criticar o treinador espanhol com dureza foi o antigo capitão do Manchester United, Gary Neville. Depois veio Steven Gerrard, outro histórico, também ele capitão de equipa no Liverpool, agora comentador do canal BT Sport:

"Se eu estivesse a brilhar nos sub-23 ou andasse perto de entrar na equipa [principal] estaria agora a bater a porta dele para lhe dizer, 'olhe mister você só levou seis suplentes no fim-de-semana e tenho estado a jogar bem'. Ele já sabia [dos problemas físicos no plantel] antes dos sub-23 terem jogado por isso podia ter chamado um à parte para lhe dizer 'não vais jogar esta noite porque preciso que estejas nos banco de suplentes'. Nos dias que correm não há desculpas para que qualquer equipa da Premier League vá para um jogo com apenas seis suplentes. A não ser que exista uma doença que tenha atacado todo os jogadores de um clube, ou uma intoxicação alimentar. Não há qualquer desculpa!"
Deixe o seu comentário
Deixe o seu comentário


Mais Vistos

Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.