Mãozinha marota de Zaza pode meter o italiano em problemas

A carregar o vídeo ...
Simone Zaza não marcava há 85 dias, por isso seria de esperar que festejasse o fim deste jejum de forma especial... como aconteceu aos 47 minutos do jogo do Valencia frente ao Betis. Mas o italiano surpreendeu 'demasiado' apesar da coreografia ser curta e limitada. Trata-se e um gesto com a mão esquerda a abrir e fechar à altura da orelha. Ou seja, sinal de 'falem agora', imediatamente interpretado como mensagem para críticos e adeptos... e Marcelino Toral,  o treinador que o relegou para a condição de suplente, promovendo Santi Mina. Zaza começou por se esquivar aos jornalistas, mas depois, sentiu que tinha de desfazer o que não passava de um mal-entendido. "Foi para o meu pai. Ele estava sempre a dizer que eu não marcava golos. Foi um gesto para o calar. Ele é meu fã número um", explicou. Não se sabe o que pensa Marcelino, pois o treinador deixou tudo em aberto: "Não sei o que ele fez. Mas deve ter feito o que lhe apeteceu fazer."
Deixe o seu comentário
Deixe o seu comentário


Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.