Mourinho critica árbitro e conclui: «Até foi bom jogar com menos um...»

A carregar o vídeo ...
O jogo do Manchester United frente ao Real Salt Lake, o segundo na pré-temporada dos red devils, ficou marcado negativamente por duas situações que envolveram o mesmo protagonista, Sebastián Saucedo: primeiro, o médio norte-americano entrou de forma dura sobre Juan Mata e lesionou o espanhol no tornozelo direito (59'), escapando sem qualquer ação disciplinar por parte do árbitro Allen Chapman; depois teve a 'resposta' por parte de Antonio Valencia, o que valeu a expulsão ao capitão dos red devils (68'), numa situação que motivou uma longa paragem no jogo e que foi explicada pelo treinador José Mourinho, com um reparo à arbitragem do norte-americano:  

"Penso que o atraso se deveu ao árbitro me ter pedido para substituir o jogador, o que não fiz porque não concordo com o cartão vermelho que lhe foi dado. Porque Saucedo, penso que é esse o nome do rapaz, foi realmente muito agressivo durante toda a segunda parte, como é exemplo o que aconteceu ao Mata - e algumas outras ações dele foram também um pouco perigosas. Procuramos compreender, pois são jovens e estão entusiasmados por defrontar o Manchester United. Mas viemos para fazer um jogo particular e acabamos diante de uma mentalidade diferente. É pré-temporada, por isso não há problema. De resto acaba por ser uma boa experiência para nós, ao jogarmos com um a menos em campo."
Deixe o seu comentário
Deixe o seu comentário


Mais Vistos

Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos