Título de MotoE decidido na secretaria após final repleto de polémica

A carregar o vídeo ...
Quando este domingo partiram para a derradeira corrida do campeonato de MotoE, Jordi Torres e Dominique Aegerter estavam separados por 8 pontos na tabela do campeonato, com o primeiro a saber de antemão que seria campeão caso terminasse em segundo, independentemente daquilo que o seu oponente fizesse.

A corrida estava lançada e foi animada até final, até que, numa das derradeiras curvas, Aegerter atacou a posição de Torres em desespero e acabou por atirar o oponente ao solo, conseguindo na sequência manter-se em cima da sua moto e seguir. Cruzou a meta em primeiro e celebrou como se tivesse sido campeão - naquele momento era mesmo... -, já que lá atrás Torres tinha ficado no solo e ficado muito para trás.

O problema foi que a celebração acabou por ser de curta duração. Os comissários analisaram o sucedido e acabaram por penalizar Aegerter com 38 segundos, fazendo-o cair de 1.º para 12.º, o que lhe tirou desde logo o título. Celebrou, por isso, Jordi Torres...
1
Deixe o seu comentário
1
Deixe o seu comentário


Mais Vistos

Últimas Notícias

Notícias

Vídeos

Vídeos

FC Porto

Vídeos