A importância de pensar a alimentação e a saúde em família

• Foto: Pedro Simões

Olá a todos, bem-vindos a mais uma semana, tiveram saudades minhas? Depois destas férias sinto-me renovada e cheia de vontade de trazer mais temas para falar convosco.

Esta semana é inevitável não alinhar o meu artigo com o mega evento do Record Challenge Park que vai acontecer no próximo dia 11 e cujo o objetivo é promover a atividade física de forma transversal a toda a família. Assim, esta semana vou falar da importância que pensar na nutrição em família terá para o resultado em saúde dessa mesma família.

Este conceito é cada vez mais importante! Se vocês quiserem comprovar a importância de comer em família, basta deitar um olhinho à nova pirâmide alimentar da alimentação mediterrânica, onde pode ver-se, na base dessa pirâmide, a figura da socialização à mesa. E que maior processo de socialização existe do que comer em família, todos os dias, numa mesa em nossa casa?

Comer bem vai é muito mais do que escolher alimentos nutritivos. A própria refeição é uma experiência que deve ser vivida na sua plenitude. E o que é que isso quer dizer? Que inclui uma série de práticas comuns e triviais que são extremamente benéficas. São atitudes como sentar-se à mesa e dedicar-se a esse momento, sem distrações externas, como televisão ou telemóveis.

Esses momentos são tão importantes… Sabe que nesses momentos especiais são produzidas determinadas substâncias a nível cerebral? Exatamente as mesmas que proporcionam sensação de prazer e bem-estar!

Muitas vezes o ritmo que nos é imposto na nossa vida, e a necessidade de arranjar coisas práticas e rápidas para comer, levam a que muitas famílias comecem a adquirir hábitos errados como abandonar a rotina de se sentarem à mesa para comer todos juntos e à mesma hora… Muitas vezes a refeição em conjunto fica restringida a um almoço de domingo, fazendo com que os vínculos familiares sejam mais claros apenas nesse dia.

Esse tipo de hábito tem de se alterar! A alimentação é responsável pelo estabelecimento de vínculos entre família, amigos etc., que mais nada consegue promover. E não sou só eu que digo isto, alguns estudos apontam que as refeições, especialmente os almoços, são momentos de socialização, e no ato de comer em conjunto que também aparecem individualidades como gostos, sabores e opiniões.

Tomar uma medida na nossa rotina, tão simples como dedicar uma hora do seu dia para compartilhar uma refeição com alguém, pode afetar positivamente a vida de diferentes formas. Diferentes pesquisas afirmam que a interação entre os aspetos neurais, fisiológicos, endócrinos e comportamentais no processo da fome e saciedade estão intimamente relacionados com o comportamento alimentar.

E numa semana em que tivemos o dia da mãe, é inevitável falar disto… Não há forma melhor de educar um filho do que dando bons exemplos e isso também é válido quando falamos de alimentação correta e saudável. As refeições em família são fundamentais para incentivar as crianças a comer bem. Assim, elas terão a oportunidade de ver os familiares a comer os alimentos saudáveis e não só irão perceber como também sentirão na prática a importância disso.

Hábitos terríveis como comer em frente à televisão fazem com que não só as crianças, mas toda a família, perca a noção do que está a comer e da quantidade de comida que está a consumir. Além disso, a nível psicológico também pode ter vários efeitos, podem ocorrer uma sensação de solidão e criar uma tendência para desenvolver problemas como obesidade.

Adotar medidas equilibradas em família vai evitar fundamentalismos, conseguindo educar-se os miúdos da família sem grandes privações.  No equilíbrio reside a alimentação saudável!

Esta semana vou dar dicas em que os mais graúdos podem orientar os mais miúdos em família ou não, mas sempre em conjunto, porque quando temos alguém que nos acompanha a vida tem sempre muito mais sabor.

E não se esqueçam: dia 11 aproveitem o Record Challenge Park, vão começar o vosso processo de ficar mais saudáveis, e claro, mais importante do que isso, mais felizes.

Até para a semana!

Por Inês Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nutrição

Notícias

Notícias Mais Vistas