Record

Ginástica Artística: características e especificidades destes atletas

• Foto: Reuters

A nutrição é, como já tenho vindo a dizer todas as semanas, parte do sistema complementar da preparação desportiva, tendo vindo a aumentar o seu espaço de atuação e confiança nos profissionais e atletas, cada vez mais preocupados em otimizar a sua performance desportiva. Muitas das modalidades que já falei, principalmente as com mais importância mediática, concentram muito o interesse da comunidade científica. Contudo, modalidades com menor expressão mediática, como é o caso da ginástica artística, ainda precisam muito de mais pesquisa que dê suporte ao trabalho feito diariamente pelo corpo técnico.

O objetivo hoje é dar a conhecer os aspetos de maior interesse desta prática desportiva ainda tão pouco mediatizada.

A ginástica artística é um desporto que exige que o atleta apresente uma composição corporal muito específica, já que a forma e a aparência dos atletas adquirem uma importância muito grande. As preocupações e as exigências estéticas levam, muitas vezes, as ginastas a desenvolver hábitos alimentares errados, que pode resultar numa ingestão energética insuficiente, tendo como consequência um baixo peso corporal que vai interferir com o seu desempenho desportivo.

Por este motivo, a preocupação com o estado nutricional tem vindo a ser um dos objetos de estudo mais considerados, não só para a manutenção do estado de saúde, mas também para a melhoria do rendimento e prevenção de distúrbios e problemas físicos.

Relação entre estado nutricional e ginástica artística

Vários estudos indicam a relação entre o estado nutricional e ginástica artística, e analisaram-se, fundamentalmente, as escolhas alimentares realizadas pelos ginastas, assim como o conhecimento dos profissionais e dos atletas sobre esta questão. Os estudos que se centram no tema dos aspetos nutricionais relacionados com o crescimento mostram particular preocupação com a densidade mineral óssea, além de abordar a influência hormonal no rendimento, a sua implicação na saúde do atleta e a relação com o regime alimentar restritivo de treino muito próprio da GA. Como tendência geral, os artigos analisam ginastas do sexo feminino.

O treino de ginástica artística submete os atletas aos limites do corpo e da mente através de duras sessões de treino e um cronograma competitivo que é longo e exigente tanto física como mentalmente. Na maioria das vezes, os atletas treinam em estado de fadiga e perto dos seus limites. A fadiga muscular é um processo que prejudica o desempenho, principalmente com o atleta sob restrição calórica, característica comum desta modalidade desportiva.

A suplementação de hidratos de carbono pode ser uma estratégia para neutralizar esse processo, uma vez que são uma importante fonte de energia para o organismo e para o sistema nervoso, que irão melhorar o desempenho do atleta.

Uma dieta de ginasta é restrita a poucas calorias, com base na ideia de que quanto mais leve o corpo, menos energia é necessária para realizar os exercícios e mais graciosamente o atleta fará os movimentos. Além disso, o risco de lesões diminui, porque o impacto nas articulações será reduzido.

Entretanto, com essas condições, pode haver falta de energia para o atleta completar seu conjunto de exercícios ou pode prejudicar a rotina planeada, trazendo de volta o risco de lesão.

O uso de suplementos desportivos por atletas de ginástica é muito raro, sendo a restrição calórica a principal estratégia nutricional para estes atletas.

Suplementos de hidratos de carbono podem ser úteis, sendo considerados um complemento essencial de energia para exercícios de alta intensidade, uma fonte imediata de energia tanto para o tecido muscular quanto para o sistema nervoso, como combustível crítico para neurónios, retardando a fadiga que pode ser vista como uma interrupção do tráfego de informações do cérebro para o músculo.

Até para a semana!

Fonte: NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À GINÁSTICA ARTÍSTICA: SISTEMATIZAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

Por Inês Morais
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nutrição

Notícias

Notícias Mais Vistas

M