«Cortem a relva!»: Gary Neville revela como deixou Cristiano Ronaldo furioso

Quando treinava o Valencia, inglês ordenou que não aparassem o tapete verde do Mestalla e travou o português

• Foto: Reuters

Gary Neville, antigo internacional inglês e companheiro de Cristiano Ronaldo no Man. United, recordou, em declarações à Sky Sports, a noite em que conseguiu travar o jogador português, algo que deixou CR7 furioso. O antigo defesa dos Red Devils teve uma curta experiência como treinador principal, na época 2015/16. Curiosamente, começou essa temporada como adjunto no Valencia mas ficou como responsável máximo pela equipa che depois da saída de Nuno Espírito Santo. 

No curto período como treinador principal não deixou marcas assinaláveis mas teve o ponto alto na 18ª jornada, quando o Real Madrid visitou Valência. Gary Neville ordenou que não cortassem a relva do Mestalla e também não regaram o campo antes do jogo. Essa foi a tática para impedir as rápidas arrancadas de Cristiano Ronaldo e de Gareth Bale.

"O empate (2-2) com o Real Madrid, num jogo que quase vencemos no final, foi uma noite incrível. O Rafa Benitez treinava o Real e esse foi seu último jogo pois foi demitido após o empate. O relvado parecia um batatal", recordou o inglês.

Depois, Gary Neville revelou a conversa com Ronaldo, antes da partida, quando o português viu o estado do terreno: "O Cristiano veio ter comigo e disse 'é uma vergonha o que fizeram ao campo, cortem a relva', e eu respondi-lhe, 'nem penses'. "Era impossível ele 'driblar' naquela noite."

O jogo terminou 2-2, com os merengues a marcarem por Benzema, aos 17 minutos, com assistência de Ronaldo, e por Garet Bale (82'). Já pelo Valencia marcaram Parejo (45'), de penálti, e Alcácer (83').

Por Miguel Amaro
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.