O herói trouxe a taça para o povo

Uma multidão recebeu em festa a Seleção campeã da Europa

• Foto: Paulo Calado

Há precisamente um ano, o país ainda festejava a maior conquista futebolística da sua história. Na véspera, em Paris, Portugal tinha conquistado o Euro'2016 e a Seleção Nacional viajava horas depois, com a almejada taça para Lisboa. 

Todos os heróis foram ordenados comendadores pelo presidente Marcelo Rebelo de Sousa e seguiram depois para um cortejo pelas ruas de Lisboa, onde Cristiano Ronaldo ergueu o troféu e levou ao êxtase milhões de portugueses.

Na Alameda Dom Afonso Henriques, no mesmo palco onde tinha sido montado um ecrã gigante que tinha permitido a milhares de pessoas verem a final no dia anterior, o capitão da Seleção falou às massas. "Todos vocês, todos os emigrantes, estes jogadores, este treinador, todos merecem. Entrámos na história de Portugal, somos os primeiros a ganhar uma competição importante para o nosso País. Vocês merecem isto. Obrigado, do coração", afirmou, antes de terminar com o seu grito de guerra: "Sííííííííí´".

Éder, o autor do golo da final, pegou então no microfone e declarou feriado nacional.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.