Roberto Mancini: «Cristiano Ronaldo acabará por pedir desculpa»

Selecionador italiano critica atitude de CR7 ao ser substituído no Juventus-AC Milan

A carregar o vídeo ...
Ronaldo

O selecionador italiano Roberto Mancini foi esta segunda-feira crítico em relação à atitude de Cristiano Ronaldo ao ser substituído na receção da Juventus ao AC Milan, no domingo, mas acredita que o futebolista português vai pedir desculpa.

"Só li o que se terá passado, não sei se isso corresponde à realidade. Acho que os jogadores devem sempre respeitar o treinador e seus companheiros de equipa. Acontece, às vezes, no calor do jogo, reagir-se mal a uma decisão do treinador, mas quem o faz sabe que cometeu um erro e por isso acabará por pedir desculpa", disse Mancini sobre a polémica substituição de Cristiano Ronaldo promovida por Maurizio Sarri no último Juventus-AC Milan.

O selecionador italiano abordou o tema durante a conferência de imprensa de lançamento da partida da Itália frente à Bósnia-Herzegovina, na cidade de Zenica, na sexta-feira, para o grupo J de qualificação para o Euro2020.

A Itália já garantiu o apuramento para a fase final do Euro2020, liderando o grupo J com 24 pontos, seguida da Finlândia, com 15, e da Arménia, com 10, enquanto a Bósnia-Herzegovina é quarta classificada, com os mesmos pontos dos arménios, e à frente da Grécia, com oito pontos, e do Liechtenstein, com apenas dois.

Entretanto, Cristiano Ronaldo tem passado, aparentemente, ao lado da polémica - que já envolveu comentários do antigo selecionador italiano, Fábio Capello, e do antigo avançado inglês Gary Lineker -, ao limitar-se na sua conta de Instagram ao seguinte comentário: "Partida difícil, vitória importante."

No jogo 1.000 da carreira, Cristiano Ronaldo foi substituído aos 54 minutos frente ao AC Milan, no domingo, pelo argentino Paulo Dybala e, visivelmente agastado, saiu diretamente para os balneários sem cumprimentar ou dirigir qualquer palavra ao treinador ou aos companheiros de equipa.

De resto, o capitão da seleção portuguesa de futebol já tinha sido substituído na quarta-feira por Maurizio Sarri, em Moscovo, frente ao Lokomotiv, para a Liga dos Campeões, pelo mesmo Paulo Dybala.

No final do jogo frente ao AC Milan, Maurizio Sarri desvalorizou a reação de Cristiano Ronaldo, a quem até enalteceu por se ter sacrificado pela equipa, uma vez que, segundo ele, o avançado português padece há algumas semanas de uma pequena lesão no joelho contraída num treino que o tem condicionado na suas atuações.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.