Saída de campo

António Magalhães
António Magalhães

Novos tempos

Portugal estreia-se hoje na Liga das Nações, prova cuja criação está umbilicalmente ligada ao diretor-geral da Federação, Tiago Craveiro. Foi ele quem desenhou a competição que preencheu as datas FIFA destinadas a jogos particulares e que, assim, se torna em mais uma fonte de receita para a UEFA e para as federações. As verbas provenientes das transmissões televisivas representam um encaixe assinalável e as de bilhética também, uma vez que o interesse que desperta um Portugal-Itália a valer pontos não é o mesmo que proporciona um duelo a feijões.

A expectativa de casa cheia na Luz prova isso mesmo, ainda que o encontro não tenha o mesmo ‘peso’ de um desafio para um campeonato da Europa ou do Mundo. Mas está muita coisa em jogo e no caso da Seleção assume-se o momento como uma oportunidade para consolidar um plano de renovação. E na ausência de Ronaldo, trata-se também de avaliar se os príncipes estão preparados para um dia subirem ao trono.

O ‘day after’ das eleições do Sporting continuou a marcar a diferença em relação ao passado que tanto traumatizou o clube. O novo presidente, Frederico Varandas, falou de união e insistiu em promessas e atos que representam o regresso de valores que só podem orgulhar os sportinguistas.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais