Saída de campo

António Magalhães
António Magalhães

A crise em debate

Não era preciso ver os programas da TV para identificar quem está na mira dos adeptos do Benfica neste momento de crise: Rui Vitória, alguns jogadores e Luís Filipe Vieira. Os motivos são fáceis de explicar. Vitória, porque a qualidade de jogo da equipa deixa muito a desejar; alguns jogadores, porque uns não estão em forma e outros não são a melhor alternativa aos que estão ausentes, ou até todos, pela ideia de convencimento de que as ‘camisolas do tetra’ chegam para ganhar os jogos; Vieira, porque a política de mercado não atendeu às necessidades da equipa.

O que surpreendeu foi a violência das críticas, que embora não fossem ao nível da crueldade dos cânticos do ‘joguem à bola, palhaços joguem à bola’ dirigidos a uma equipa que conquistou ‘apenas’ quatro títulos de campeão – no futebol, tantas vezes como na vida, a memória é curta –, tiveram um tom extremamente severo. "Desorganização", "exibição indecorosa", "é melhor ir à secção de atletismo porque agora quem joga melhor é quem corre mais" foram apenas alguns dos ‘mimos’ dirigidos a quem deve enfiar o barrete.

O Benfica já passou por momentos delicados como este e conseguiu dar a volta, partindo para a conquista de títulos. Por isso, esta tempestade que se abate sobre a Luz pode ficar-se pelo copo de água… ou não.

1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0