Entrada em campo

António Magalhães
António Magalhães

Seleção, um património nacional

O maior perigo que a Seleção Nacional corre é ser contaminada pelo vírus da clubite. Há muito tempo que a Seleção voltou a ser a equipa de todos nós, conseguindo libertar-se de velhos fantasmas que minavam o espírito patriótico que deveria, sempre, inspirar uma representação nacional.

Nos últimos anos, na hora das vitórias ou das derrotas (felizmente as primeiras têm sido em muito maior número), a Seleção tem sido um espaço de comunhão coletiva acima de quaisquer paixões doentias e nocivas ao clima de bem-estar de que beneficiaram as últimas gerações de jogadores cujo talento se pôde expressar em conquistas com as quinas ao peito. Assim se constituiu uma atmosfera entusiástica, tranquila e segura que devolveu a Seleção aos portugueses e que arrastou crianças e famílias para aos estádios onde atua.

O que aconteceu no âmbito do Portugal-Hungria constitui ameaça séria a um capital de união que foi difícil de criar e cimentar. Por um lado, o boicote institucional do Benfica à Seleção num jogo importante da fase de qualificação para o Mundial na Luz é medida desproporcionada e fator de instabilidade. Por outro, a presença de elementos de uma claque com propósitos que permitiam concluir terem caráter muito mais provocador (como se ouviu e viu no rasto deixado nas paredes do estádio) do que pacificador, trazem para o ambiente da Seleção tudo aquilo que se procura evitar: divisão, violência, medo.

Espero e desejo que o espírito de Seleção que tanto custou a erguer – e que é obra e património de todos – resista a estes ‘ataques’. Acredito que aqueles 58 mil adeptos que estiveram na Luz e os 11 mil que amanhã vão lotar os Barreiros continuem a fazer prova de que vamos conservar a Seleção acima de todas as guerras.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.