Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor de Record

Benfica revigorado

Um Jonas galáctico materializou a vantagem do Benfica quando o mínimo que se pedia aos encarnados era competência para não desaproveitarem os pontos perdidos pelos leões no Bonfim. Não que a situação em relação ao título tenha melhorado, aí é o FC Porto quem mais ordena, e a formação orientada por Conceição não facilitou frente ao Tondela, mas com o triunfo perante o Chaves o clube da Luz acrescenta mais um bálsamo moral à aproximação aos rivais da Segunda Circular.

O campeão foi, porém, muito mais do que competente. Teve momentos avassaladores e no goleador brasileiro o homem que soube dar o melhor destino a tudo o que Krovinovic, Pizzi e outros criaram. Rui Vitória já viu a equipa jogar de forma medíocre esta época e isso deixou-a fora de todas as provas à exceção da Liga, em timing pouco habitual na Luz. Mas o Benfica reagiu a tempo de lutar pelo campeonato e o facto de ter apenas um jogo por semana pode ajudar a aproveitar o desgaste esperado dos rivais. A qualidade está lá, num plantel riquíssimo apesar das saídas – principalmente em termos ofensivos – e o treinador soube dar a volta ao texto. A mudança do 4x4x2 para o 4x3x3 parece hoje fazer todo o sentido, e consiga Fejsa aguentar-se sem lesões até final e o Benfica tem um sonho legítimo no Penta.

PS: Péssima notícia a rotura de Krovinovic. Para ele e para o clube.

6
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais