Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor de Record

Qual é o caminho?

Após um período de mercado em que foi possível perceber as vendas efetuadas, mas continua a ser difícil entender os reforços contratados, eis que os sportinguistas são confrontados com o despedimento de Marcel Keizer no dia seguinte. Uma medida provavelmente até popular, visto que o técnico tinha perdido o último jogo e visto lenços brancos em Alvalade, mas que nos mostram também que o holandês dificilmente terá sido ouvido na recente reconversão do plantel e que a fé no homem do projeto se desvaneceu rapidamente.

Varandas dá hoje uma entrevista em que terá de ser muito claro na mensagem. Isto sob pena de os adeptos pensarem que o Sporting se trata de um clube à deriva. As pessoas têm de perceber o racional pensado no mercado. E também que Keizer não acabou despedido porque Coates se lembrou de fazer três penáltis no mesmo jogo e sobre o mesmo jogador adversário. Por muito que se perceba que existiam problemas na equipa leonina que levaram ao despedimento, também parece certo que se tivesse ganhado e ainda hoje fosse líder o pobre holandês não teria sido mandado embora.

Uma palavra para Keizer. Poucas vezes vi um homem com uma mensagem tão simpática na hora do adeus. Respeito por isso.

2
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.