Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor de Record

Um génio diferente

Pode a memória estar a trair-me, mas penso que foi em 1984 que aprendi o que era chorar pela
Seleção do meu país. Com muito respeito por todos os que constituíam aquela equipa, na memória dos meus 12 anos dois ficaram para sempre especiais: Chalana e Jordão. Ainda hoje revejo o resumo do jogo com a França e desligo após o 2-1. Nunca esquecerei quanto doeu aquela derrota. Nesse dia acreditei piamente que íamos chegar ao título que só conquistaríamos em 2016. Justiça divina, em França.

Rui Manuel Trindade Jordão era um homem diferente. Não o escrevo por termos privado muitas vezes. As poucas em que isso aconteceu – a maior parte acompanhado pelo seu grande amigo José Eduardo –, deu para percebê-lo. Mas é o percurso que o mostra. A forma como lidou com o futebol enquanto nele viveu. A forma como o largou após anos e anos de glória. E ainda o que foi fazer depois da reforma futebolística. A licenciatura em História da Arte na Universidade Nova e a forma como abraçou a pintura são uma delícia para quem vem do mundo da bola. De génio.

Campeão no Benfica, foi no Sporting que se tornou uma lenda. António Simões diz que na sua posição foi o maior depois de Eusébio. Quem sou eu para contradizê-lo.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.