o canto do morais

Este convence

Os áleas de um zapping de domingo à noite, levaram-me a aterrar no tardio Moreirense- Guimarães (Sport TV diktat).

Vou explicar porque é que fiquei a ver o jogo até final, independentemente da emoção e rivalidade que o caracterizou. Essa razão dá pelo nome de Daniel Podence.

No desafio em questão, havia os 20 jogadores (o Moreirense teve um expulso durante a primeira parte) e o Podence, tamanha era a diferença de qualidade.

Pude encantar-me, primeiro com a sua escola - via-se que procurava sempre fazer bem feito - e depois com outras coisas que não se aprendem, mas que ele tem, como a personalidade, o empenho, o não se esconder do jogo, a inesgotável combatividade.

A transição para a maturidade é talvez o momento mais difícil para um futebolista; lembro-me, por exemplo, do Silvestre Varela, que o Sporting andou a emprestar, com rendimentos irregulares e que acabou por dispensar, preterindo-o pelo Yannick Djaló, que ficou; é caso para dizer que, desta vez, o Porto ficou com o brinde e o Sporting com a fava.

O Paulo Sérgio tinha características muito semelhantes às do Podence, prometeu muito ao princípio, também andou a jogar por fora, mas acabou por não singrar.

O Podence é daqueles jogadores explosivos que desequilibram, e que compensa as suas limitações físicas (é baixo), com uma energia que o torna candidato ao prémio Duracel. É o que, na gíria, se chama um verdadeiro sapador.

Não sei se o Podence vai triunfar, porque essa é uma equação com muitas incógnitas; sei sim que tem magníficas condições para se afirmar no futebol e a tornar-se mais um emblema da formação do Sporting. A sua rodagem num clube com as características do Moreirense, que aposta muito nas transições rápidas, afigura-se muito arguta.

Dado que o porta-voz do Sporting anda muito interessado nos meus textos, mas nem sempre os interpreta devidamente, esclareço que não conheço o Podence, nem o seu empresário, nem qualquer pessoa a ele ligada e que ninguém me encomendou o sermão.
Podence? A mim convence!

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais