Caderno de apontamentos

Jorge Barbosa
Jorge Barbosa Editor chefe

Benfica na pole-position

O Benfica cresce e aparece nesta fase de aquecimento da nova época, demonstrando um nível de forma já muito considerável, o que não é de estranhar, atendendo ao facto de ter preservado a estrutura essencial que o conduziu ao tricampeonato, e ainda para mais reforçada com novos jogadores que refrescaram ideias e sobretudo que demonstram potencial a ter muito em conta para consolidar o processo de crescimento iniciado por Rui Vitória na última época. Podemos dizer, sem forçar a nota, que o Benfica encontrou o seu verdadeiro ‘ovo de Colombo’, pois não só fez excelentes negócios – as vendas de Renato Sanches e Gaitán por 60 milhões de euros, pelo menos, são a prova do que se diz – como está a conseguir pôr ainda mais talento em campo com as chegadas de Carrillo, Cervi e Zivkovic.

Nesta gestão de mercado há

que ter ainda em conta que Luís Filipe Vieira soube posicionar-se a vários níveis, destacando-se neste particular a ‘parceria’ com a Gestifute, que lhe possibilita abrir portas a negócios que não têm estado ao alcance dos seus principais rivais – veja-se que tanto o FC Porto como o Sporting ainda não conseguiram qualquer venda considerável, o que também limita a sua capacidade de fortalecer os seus plantéis para abalar o domínio encarnado. O recente exemplo de Danilo evidencia esta mesma realidade, ou seja, estar nas boas graças do empresário Jorge Mendes é mais do que fundamental para conseguir aquisições cirúrgcas.

Depois de uma pré-época de 2015 cheia de problemas e mais problemas, que chegou mesmo a pôr em causa a aposta em Rui Vitória após a saída de Jorge Jesus, o Benfica soube consolidar-se através do seu próprio sucesso desportivo, e nesta altura está claramente à frente na grelha de partida para mais um campeonato, onde terá o grande desafio de chegar ao tetra. Um feito ainda não conseguido na sua já longa história. Daí se percebe também, e muito bem, o quanto será difícil a tarefa do Sporting , assim como é igualmente difícil a tarefa do FC Porto, numa situação que, muito provavelmente, ainda não foi assimilada pelos seus responsáveis e muito menos pelos seus adeptos.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais