Caderno de apontamentos

Jorge Barbosa
Jorge Barbosa Editor chefe

Clássico é o momento

Rui Vitória e Nuno Espírito Santo têm a obrigação, no jogo entre si e já no primeiro dia de abril, de converter o mal em bem, ou seja, de levar as suas equipas ao triunfo, depois dos empates inesperados com Paços de Ferreira e V. Setúbal, pois nesta altura do campeonato já não são autorizados mais deslizes, sob pena de o título ficar de todo comprometido. Daqui e até ao apito inicial da cimeira pela liderança, a aceleração psicológica vai com certeza impor-se, devendo ser lançados alertas ao balneário, desta vez em privado, pois todos sabemos que a recuperação passa sobretudo pela cabeça dos jogadores. Clássico é clássico e, portanto, não respeita prognósticos; o que efetivamente vai contar, no próximo clássico da Luz, é o momento.

A atual situação, comum aos únicos candidatos ao título, surpreendeu sobretudo pela dificuldade que ambos demonstraram perante as adversidades, ou melhor, como as duas equipas não tiveram cabeça fresca para atacar bem, apesar do alto volume de jogo ofensivo. Se o Benfica tem vindo a dar sinais de menor fulgor nas últimas semanas, com jogadores que não têm estado ao seu nível, sendo Jonas disso um bom exemplo, já o FC Porto parecia imparável desde a chegada de Soares. Os dragões tinham tudo para chegar à liderança mas reagiram mal a uma responsabilidade que deveria ter sido galvanizante.

Para o FC Porto a mensagem agora não encerra qualquer dúvida: é obrigatório ganhar e é com essa convicção que cada um seus jogadores deve enfrentar o jogo na Luz. A iniciativa tem de ser do FC Porto, que na última época já lá ganhou mesmo estando em bem piores condições, pelo que não há qualquer motivo para não acreditar que é possível vencer o tricampeão nacional. A vantagem de Rui Vitória é saber, no entanto, que o seu adversário tem de se expor ao risco para tentar assaltar o topo da tabela, pelo que esse detalhe poderá fazer a balança pender a seu favor, pois basta-lhe o empate para segurar a liderança no campeonato. Apesar de o clássico ser o momento, apesar de o clássico ser importante para a definição das contas finais, atenção, porque ainda há muitas pedras pelo caminho e para ambos, pelo que a encomenda das faixas terá de ficar para mais tarde.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.