Sá Pinto
Sá Pinto Cronista

Em 96 começámos assim

Um sentimento de desilusão apoderou-se dos nossos pensamentos no final do jogo de terça-feira passada. Típico...! Só por desconhecimento se pode menosprezar uma Islândia que deixou fora do europeu uma Holanda e mandou a Turquia para o playoff. A verdade é que soube a pouco, tanta bolada no Iceberg merecia melhor sorte. Recorde de remates num só jogo, uma posse de bola com números assustadoramente positivos, tudo isto só pode deixar um amargo de boca, mas deixa também, não só a esperança, como a certeza de que fomos muito superiores ao nosso adversário. Estes dados, que podem ser apenas isso mesmo, revelam de forma inequívoca uma enorme capacidade coletiva de tomar boas decisões durante largos períodos de tempo, e com esse conjunto de ações positivas vamos sempre estar mais perto do sucesso. Falta apenas juntar a tudo isto uma pitada de eficácia, acompanhada de uma boa dose de alma lusitana capaz de deitar por terra o maior dos gigantes ‘tiroleses’.

Transformar a desilusão em revolta e em determinação de fazer Melhor e Melhor, é sinal de grandeza e resiliência. Bem vistas as coisas já não é a primeira vez que o percalço surge quando menos esperamos. Foi assim em 96, na Inglaterra, quando no primeiro jogo empatámos com a Dinamarca. Foi momento de unir forças e superar todos os maus agoiros, dar as mãos e voltar mais fortes… melhores! Juntámos à nossa qualidade a agressividade que faltava, ganhámos mais duelos, a concentração atingiu o limite, fomos mais audazes, destemidos, eficazes e acabámos em primeiro no grupo. Desta vez não vai ser diferente. Eu continuo a acreditar e não há motivo para que assim não seja.

Tropeçar jamais será cair, e cair será algo que nós portugueses jamais deixaremos que aconteça. Estaremos aqui sempre, de braços abertos, prontos para erguer e ajudar a nossa Seleção a atingir a Confiança e Autoestima de que tanto precisam para vencer em nome de uma Nação que continua a aguardar com a mesma esperança. Portugal não vai ter sempre o mesmo Fado. O som deste vai ser alegre e rouco de tanta felicidade. Por todos Nós. Força Portugal!!!

POSITIVO

Dá gosto ver e ouvir os milhares de portugueses que se deslocaram de todo o Mundo para apoiar Portugal no Euro’2016. Haja o que houver, as gentes gritaram presente no apoio.

NEGATIVO

A violência. O comportamento de adeptos russos, ingleses, de verdadeiros hoolingans profissionais que têm espalhado o terror em França. Futebol não é isto. Bani-los é a solução.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.