Sá Pinto

Sá Pinto
Sá Pinto Cronista

Ils ne seront jamais oubliés!

É com um sentimento de enorme gáudio e satisfação que hoje partilho aqui as minhas últimas emoções como colunista de Record no Euro’2016. Está fresco na alma e no olhar de todos nós este feito que para alguns era impossível e utópico, mas que para outros, nos quais me incluo, era uma convicção e um objetivo, difícil sim, mas possível como foi. Sempre acreditei e disso fiz menção nas minhas palavras, não apenas porque sim ou porque fica bem, mas por conhecimento e porque vivi por dentro este espírito de comunhão que une aqueles que representam Portugal ao mais alto nível. O que sentimos é inexplicável e único, mesmo que largados ao nosso próprio destino.

Eu acreditei, muitos acreditaram, mas quem tudo fez para que acreditássemos foram os nossos Jogadores e o nosso Selecionador, e essa vontade, ambição e crença já está plasmada na história desde Campeonato da Europa. Cravámos com suor e lágrimas a nossa marca!

Não vou exteriorizar o que sinto e endereçar já os Parabéns, porque bem vistas as coisas ainda não chega, queremos mais, queremos mesmo mais… Já mostrámos que não nos servem as vitórias morais. Estamos na Final e agora é para vencer. Temos contas muito fortes para acertar com o passado e muito particularmente com o nosso adversário de amanhã. E como se não bastasse, 12 anos depois, por termos garantido a Final, temos a possibilidade de fazer esquecer uma tragédia grega que nos rompeu o coração e a alma. Basta!!! Chegou o nosso momento, nada nos vai desviar do destino que tanto lutámos para merecer. Não vai haver Platini nem Tigana, não vai haver Zidane nem Golo de Ouro, vai haver, sim, um País inteiro a segurar com as duas mãos a sorte e o engenho que desta vez não nos deixaram órfãos. Estão do nosso lado… e pelo menos por mais um jogo por cá vão continuar.

Vi a meia-final longe de Portugal, no meio de muitos sauditas que festejaram a nossa vitória. Amanhã estarei na Holanda, em estágio com a minha equipa, e vou voltar a festejar! Vão regressar dia 11 e vão mesmo, vamos todos… e carregaremos nos braços a glória de um sonho que um dia se tornou realidade… Que grande Nação a nossa! Que orgulho em ser Português! Onze Milhões, um desejo, uma vitória, uma só voz a gritar Portugal! Força Portugal!

POSITIVO

Cristiano Ronaldo apareceu na altura certa e tem sido o capitão, o exemplo, que a equipa precisa. Superou as críticas iniciais e mais uma vez demonstrou a razão de ser o melhor do Mundo.

NEGATIVO

A Bélgica era uma equipa candidata a vencer o Europeu mas, tal como em situações anteriores, desiludiu, saindo da prova longe da decisão. Ter várias boas individualidades não é suficiente.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.