Primeira barreira

Norberto Santos
Norberto Santos

O mestre Murray

Andy Murray chegou a n.º 1 ATP com todo o mérito e tem todas as condições para prolongar o seu reinado. Aos 29 anos está numa fase ascensional, ao contrário, por exemplo, de Novak Djokovic que tem tido algumas dificuldades em potenciar as suas armas. A instabilidade do sérvio viu-se em pequenos pormenores, não sendo capaz de manter a mesma matriz: conjugar a intensidade, cadência e potência. Afetado por problemas pessoais, Djokovic rendeu-se à evidência dos factos e até deu os parabéns a Andy Murray, um jogador talentoso, trabalhador e muito astuto taticamente.

Tem sido dada bastante relevância à ligação de Murray com Ivan Lendl, o técnico que o o levou a conquistar Wimbledon e dois títulos olímpicos. Existe, de facto, uma grande cumplicidade entre o escocês e o antigo n.º 1 mundial.

Mas seria injusto esquecer o trabalho feito em Espanha na adolescência com o técnico Pato Alvarez, considerado no mundo tenístico como um dos melhores do Mundo. Pato criou o modelo espanhol que fez sucesso durante três décadas. E Murray assimilou esses segredos em Espanha.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.