Futebol à portuguesa

José António Saraiva
José António Saraiva Diretor do Sol

Sonho e pesadelo

Quando o Sporting empatou 3-3 em Guimarães, depois de estar a ganhar por 3-0, pensei: "Isto não poderia acontecer ao Benfica". Porquê? Por transmitir a ideia de ser uma equipa mais madura. Afinal, ao Benfica sucederia o mesmo em Istambul.

Numa semana, o Benfica mostrou o melhor e o pior. O melhor foi na Luz contra o Marítimo. A equipa fez uma exibição soberba, jogando um futebol vertiginoso, passando, fintando e rematando. Parecia estar a jogar sozinho, como se o adversário não existisse, tal era a facilidade com que abria espaços e marcava golos.

Na primeira parte do jogo da Turquia houve a mesma sensação de que o Benfica era uma equipa imparável. Não tanto pelo futebol vertiginoso mas pela solidez do bloco, impedindo o adversário de jogar e desferindo-lhe depois golpes certeiros. Ou seja, quer a jogar abertamente ao ataque, como contra o Marítimo, quer a jogar em contra-ataque, como na Turquia, a equipa de Rui Vitória mostrava-se mortífera.

Mas da primeira para a segunda parte tudo mudou. O futebol de ataque apagou-se subitamente e a solidez do bloco desfez-se. Em vez de fazer o adversário correr, foi a equipa do Benfica que passou a correr atrás da bola, desnorteada, chegando atrasada aos lances, sofrendo golos infantis.

É isto que faz o sortilégio do futebol. É nunca se poder dizer que um jogo está ganho. E será sempre assim. Porque no dia em que deixar de ser assim, em que se torne uma coisa "científica", com as suas leis e as suas certezas, o futebol estará morto.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.