Hora do chá

Eládio Paramés
Eládio Paramés

Clattenburg nas arábias e Wenger na restauração?

Um foi tema de capa dos jornais no Reino Unido; o outro ainda está nas páginas da imprensa. Um já saiu; o outro ainda não, mas parece ter um pé fora. Refiro-me a Marc Clattenburg e a Arsène Wenger. O árbitro foi para a Arábia Saudita; o treinador diz que em breve anunciará a sua decisão.

Clattenburg disse que ia para aquele país árabe "ensinar" os árbitros. Ora, conhecendo-se o seu passado, este ensinamento levanta dúvidas. Não foi por acaso que a associação de árbitros profissionais o suspendeu durante oito meses por alegados negócios injustificados, que o Chelsea o acusou de ofensas racistas e porventura não terá sido por acaso que na sua última partida em Inglaterra, Arsenal-Hull, deu a ‘barraca’ que deu, prejudicando claramente a equipa de Marco Silva. Foi para as ‘arábias’ e esperemos que por lá permaneça.

Quanto a Wenger, está a ser fortemente criticado depois dos 5-1 que apanhou em Munique e a sua saída do Arsenal é dada como certa. Em meu entender é mesmo inevitável. Não pelo resultado do Bayern, mas pelos que (não) obteve ao longo de 20 anos como manager do clube londrino: há 12 que não sabe o que é ser campeão. É certo que ganhou a Taça por 6 vezes e a Charity Shield por outras tantas, mas foi incapaz de alcançar um título europeu. Aliás, nos últimos anos nem dos oitavos de final da CL tem passado.

Há quem classifique Wnger de "herói" por estar sempre entre os quatro primeiros da Premier, mas para quem ganha cinco vezes e meia mais que Ranieiri, é muita parra (10,3 milhões de euros/ano) para tão pouca uva. Daí haver quem deseje que se dedique mais à restauração, concretamente à cadeia ‘Chez l´gros Arsène’ que detém em França.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.