Hora de chá

Eládio Paramés
Eládio Paramés

Teoria da conspiração: MmM!

Dá-me muito gozo constatar que em Espanha ainda há muita dor de cotovelo quando se trata de Mourinho. O United venceu a Community Shield e, logo, um dos jornais de Madrid se apressou a utilizar as redes sociais, não para assinalar o triunfo sobre o Leicester mas, para avançar com uma teoria: MmM! Isto é, Mou mata Mata!

A tacanhez de espírito desta gente não lhes permite perceber que, no futebol e noutros desportos coletivos, a equipa é sempre mais importante que um jogador. Expliquemo-nos…

Na final, Mou lançou Mata no 2.º tempo e o espanhol entrou bem, ajudou a que a equipa voltasse a controlar o jogo mas, a poucos minutos do final, tirou-o. Foi uma substituição tão óbvia que até eu a entendi. Impunha-se altura, numa fase em que o Leicester adiantara todas as suas torres, guarda-redes incluído, e bombeava bolas para a área do MU. Ia sair quem? Os matulões Ibra ou Fellaini? Mou fez aquilo que se impunha, fez aquilo que um treinador deve fazer: colocou a equipa em primeiro lugar. Os comentadores espanhóis (e não só…) aproveitaram logo para criar uma teoria conspirativa: Mou mata Mata! Ridículo. Esqueceram esses especialistas de assinalar que Mou deixou na bancada Depay e Young e que lançou para a fogueira do jogo uma das aquisições, Mkhitaryan, ao min. 90! Não, Mou não matou Mata. Pelo contrário, Mourinho quer Mata, gosta de Mata e este não sairá de Manchester.

Permitam que deixe aqui uma breve nota sobre o futebol nacional. Jorge Jesus disse que Rui Vitória era um "treinador fraquinho". Em 14 meses de Benfica, o "fraquinho" levou três títulos para casa, o último dos quais conquistado contra equipa que joga bem mas que deixa dúvidas quanto ao futuro: fará Peseiro uma época excelente ou continuará a sair derrotado nos desafios cruciais?

1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.