Desalinhado

Joaquim Evangelista
Joaquim Evangelista Presidente da direção do SJPF

A violência no e do futebol

Terminada a época desportiva é habitual fazer-se um balanço dos temas que marcaram a agenda desportiva. Quero destacar a violência galopante no futebol como o fator de maior preocupação, a par de fenómenos que comprometem a integridade da competição, como o match-fixing, sobre os quais todos os agentes desportivos, e muito em concreto no futebol, devem ponderar para promover uma atitude, conjunta, de mudança.

A divulgação do relatório da PSP sobre a época 2016/17 não surpreende, dos 2185 casos de violência no desporto registados, mais de 95% dizem respeito ao futebol, com os adeptos dos três grandes a registarem o maior número de ocorrências: 37,2 % provocadas por adeptos do Benfica, 27,8 % por adeptos do Porto e 18,8% por adeptos Sporting.

O debate parlamentar de abril e todos os eventos que marcaram este final de época, com especial foco na invasão da academia de Alcochete, deve, pelo menos, levar-nos a concluir pela urgência de uma resposta concertada entre agentes do desporto e forças de segurança, de uma ação célere e contundente para os que utilizam o desporto para promover o ódio e a violência, e, ainda, uma ação pedagógica desde os escalões de base e para todos os que se envolvem no futebol.

Esta é talvez a maior dificuldade, reconhecer que é um problema, ainda que não exclusivo, do desporto, com esmagadora preponderância e contribuição do futebol, alimentado por razões políticas, ideológicas e que encerra uma batalha perdida se os dirigentes não exercerem a responsabilidade que sobre eles impende para construir um ambiente saudável dentro da rivalidade desportiva.

Quero, finalmente, dar os parabéns à equipa feminina do Sporting, pela conquista da Taça de Portugal e deixar uma mensagem de força às jogadores do Braga, que venderam cara a derrota em mais uma final memorável para o futebol feminino nacional.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais