Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Futebol

O futebol é uma modalidade desportiva que leva ao limite das paixões, sendo irracional quer com os adeptos quer com o jogo propriamente dito. O futebol é um desporto popular em que uma equipa mais fraca pode vencer uma equipa mais poderosa sem dó nem piedade. Talvez por isso e pela incerteza do resultado, o futebol fascina, cativa e é acompanhado por toda a gente.

Foi, desta forma, que o Liverpool superou 0-4 com enorme energia espiritual e crença de que é possível. A confiança, bravura, convicção e atrevimento com o apoio indefectivel dos adeptos tornou possível o impossível. O inexplicável tornou-se explicável e não vale a pena andar com muitas razões, diria que é futebol no seu esplendor. No final do jogo, tornou-se arrepiante ouvir cantar o famoso "You´ll Never Walk Alone", há coisas que só acontecem no futebol, realmente os jogadores do Liverpool nunca estiveram sozinhos.

O Tottenham também provocou emoções fortes, a perder a eliminatória, ao intervalo por 3-0 deu a volta ao resultado. O Tottenham foi mais adulto pragmático e afortunado, marcou o 3.ªgolo ao minuto 95, mas o futebol é mesmo assim, acreditar sempre.

Infelizmente a beleza do futebol é isto mesmo, mas está cada vez mais comercial e com uma lógica de globalização, poucos ricos e muitos pobres. E, se analisarmos, cada vez mais, vai ao estádio gente com mais posses do que gente sem possibilidades. O futebol é cada vez menos local e mais global, cada vez se vê mais pela televisão do que presencialmente, cada vez importa menos o jogo e o espectáculo e mais o resultado. Infelizmente tornou-se um negócio com meandros não recomendáveis.

O futebol inglês está de parabéns com 4 equipas nas finais da Champions e Liga Europa: Liverpool, Tottenham, Arsenal e Chelsea.

O futebol inglês consegue atrair os melhores e torna-se fascinante, para além do seu poderio físico que lhes permite disputar cada partida no limite até o árbitro dar o apito final.

Onze dos doze golos das semi-finais foram marcados por jogadores estrangeiros e os treinadores são técnicos de alto nível formados em Espanha, Alemanha ou Itália.

O futebol inglês seduz e é eletrizante pelo ambiente dos estádios e pelo respeito entre eles. É o campeonato mais competitivo e não há uma diferença marcante entre equipas grandes e equipas pequenas. O fair-play financeiro e a distribuição dos valores dos contratos televisivos permitem uma enorme vantagem na feitura do plantel.

Esperemos que o Brexit não destrua isto tudo.

 

Fundador do Clube dos Pensadores

*escrevo ao abrigo do antigo AO

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.