Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Dani Alves

Confesso que no princípio não gostava muito de Dani Alves, estava sempre a idolatrar Messi. Eu ficava surpreendido ver um brasileiro, a quase ser argentino e constantemente atacar Ronaldo. Dani Alves, como defesa direito do Barcelona, tinha sempre contra o Real Madrid o Ronaldo pela frente. As suas frases e ditos sobre Ronaldo nunca os entendi muito bem, talvez, jogo psicológico para desestabilizar Ronaldo.

Todavia, isso já é passado, quando saiu do Barcelona, o que nunca percebi o porquê? A seguir, brilhou na Juventus e no PSG.

Actualmente estou rendido a este "menino" de 36 anos que foi eleito o melhor jogador da Copa América e que foi fundamental para a vitória ante a Argentina. Gosto de ver pseudo-veteranos a brilhar, o caso do peruano Paolo Guerrero (35 anos) que fez uma Copa América excelente e marcou um golo ao Brasil, por cá, Pepe (36 anos) é um exemplo de longevidade.

No jogo contra a Argentina jogou a defesa-direito, médio-direito e extremo-direito. No primeiro golo do Brasil, fez a jogada que abriu a vitória ao Brasil, com um chapéu, logo de seguida com uma fita que tirou um jogador do seu caminho que foi magnifico.

Dani Alves não esteve no Mundial da Rússia, uma lesão dos ligamentos no PSG tirou-o desse enorme palco. Todavia, Dani Alves voltou a ser intocável e como capitão levou o Brasil a vencer a Copa América. Para além, de ter sido eleito o melhor jogador da semi-final com a Argentina, foi eleito o melhor Jogador da Copa América. Um prémio justíssimo.

A sua força física e o saber tocar na bola, imprimir ou moderar a velocidade, joga de cabeça levantada, com os dois pés, é um jogador que nos explica como se deve jogar futebol.

Dani Alves é o jogador com mais títulos no seu palmarés – 40. No Brasil joga com o número 13, mas desta vez não teve azar, teve a sorte e o saber do seu lado.

Apesar de todos estes atributos Dani Alves está sem clube. Eu gostava de o ver, de novo, na Juventus seria com certeza uma mais-valia para Ronaldo continuar a marcar mais golos e a ter assistências milimétricas.

Messi no Barcelona brilhava também muito à custa do seu jogo e da sua postura em campo.

Dani Alves é um jogador de equipa que joga e faz jogar, como ele não há muitos que o possam fazer. Apesar dos seus 36 anos, tem uma vida cuidada, espero continuar a vê-lo jogar ao mais alto nível e na Europa.

 

Fundador do Clube dos Pensadores

*escrevo ao abrigo do antigo AO

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0