Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Barcelona

O Barcelona está em crise, perdeu com o Levante depois de estar a vencer e averbou a terceira derrota da temporada. E, agora contra o Slavia Praga empatou em Camp Nou, mas o seu jogo é inconsequente.

O Barcelona depende de Messi para o melhor e para o pior. Messi é um líder informal, não dá a cara de quem não gosta, mas com pezinhos de lã, arruma um a um os jogadores que não lhe são queridos. Fê-lo com Ibrahimovich, Alex Sanchis, entre outros. Chegou agora a vez de Griezmann, a contratação sonante do Barcelona para esta época que está a dar em nada.

A relação entre Messi e Griezman é inexistente dentro do campo e não se entendem. Messi evita passar-lhe a bola numa posição de golo, Messi gosta é de Suárez.

Messi nem sempre consegue fazer tudo sozinho e Valverde é um treinador cinzento que toma atitudes e opções que não se entendem. Ao retirar da equipa Arthur, que estava a jogar tão bem, um brasileiro de alto nível táctico e de capacidade de roubar a bola ao adversário e dá-la a jogar em excelentes condições. Ao invés optou por Artur Vidal, um chileno que parece um guerreiro com um estereótipo de cabelo, mas que está a anos de luz de Arthur.

O meio campo ressentiu-se e por tabela a defesa torna-se vulnerável. Piqué está uns furos abaixo do seu rendimento, pois, está com a cabeça na Taça Davis que organiza.

O Barcelona está vulnerável, na Liga Espanhola teve a sorte dos seus rivais, também não vencerem a começar pelo Real Madrid que é um antro de problemas desde que Ronaldo saiu. Continua em primeiro lugar empatado com o seu arqui-rival Real Madrid e o surpreendente Real Sociedad.

Valverde já esteve para sair o ano passado quando o Barcelona foi eliminado na Liga dos Campeões depois de ter vencido, o Liverpool em casa 3-0, deu-se a viragem histórica 4-0.

O Barcelona está muito vulnerável fora de casa, na Liga dos Campeões, casos de Roma (3-0) e Liverpool (4-0) estão a acentuar-se este ano nos jogos da Liga Espanhola.

Está a tornar-se uma constante, as dificuldades do Barcelona e não convence na fase de grupos na Liga dos Campeões, tem que visitar o Inter de Milão que lhe criou imensas dificuldades em Camp Nou.

Não entendo o que se passa, mas o Barcelona precisa de uma mudança drástica e de atitude em campo. Não sei se Valverde consegue dar a volta, não há fio de jogo e depende excessivamente de Messi.

O Barcelona teve o pior arranque dos últimos anos e está inoperante fora de casa, perfila-se Ronald Koeman, antiga glória do clube, para o seu lugar.

Nota: Benfica de mal a pior com jeitinho nem à Liga Europa vai, parece que bloqueou.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.