Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Bola de ouro

Este ano de 2020 não haverá Bola de Ouro, o France Football anunciou que não será entregue por falta de condições adequadas pós-pandemia.

Não concordo! Concordaria se o futebol não fosse reactivado. Tem havido futebol, excelentes jogos com belos golos e muito disputados. Muito menos casos de arbitragem e muito menos polémicas.

O futebol está mais limpo e sem ruído de fundo. Messi venceu o ano passado, todavia este ano pelo que está a fazer Ronaldo seria um putativo candidato e porventura um digno vencedor.

As ligas de futebol principais à excepção da francesa estão a ser disputadas até ao fim. Não tem público, mas há futebol. Durante anos e anos joguei nas camadas jovens praticamente sem público (só ia ver a família e poucos amigos) e nunca deixei de jogar futebol, não era por isso que a competição era menos importante. Já fui a muitos casamentos sem música, a festa não deixou de ser interessante e os noivos não deixaram de ser felizes.

Desta vez o France Football substitui os 4 troféus habituais, incluindo a Bola de Ouro, pela atribuição do onze ideal. O argumento que se pretende "proteger a credibilidade e a legitimidade do prémio também significa garantir que seja irrepreensível ao longo do tempo". A mim não colhe.

Os jogos têm-se efectuado a um ritmo alucinante e Ronaldo vai perder uma oportunidade de chegar à sexta Bola de Ouro e igualar Messi. Nunca me esqueço que lhe roubaram uma Bola de Ouro.

Ronaldo marcou 30 golos em 30 jogos, este fim-de-semana, ajudou a vencer a Lazio com dois golos, a Juventus está a um passo de ser campeã. Para além, de ser campeão em Itália, pode ainda tentar ser o melhor marcador europeu está a 4 golos de Lewandowski. Se o conseguir com certeza será o melhor marcador em Itália, actualmente, está empatado a 30 golos com Immobile. Em Agosto começa a fase final da Liga dos Campeões.

Para já Ronaldo está em vantagem em relação a Messi, que não foi campeão em Espanha e está a ter uma época para esquecer. Pois, mas este ano não se atribui a Bola de Ouro!

Ronaldo é um atleta muito cuidadoso com o seu corpo. Faz recuperação de última geração com câmaras hiperbáricas e crioterapia, a sua casa é um verdadeiro ginásio. E, não faltam os seus cuidadores pessoais, desde cozinheiros, até fisioterapeutas e termina com preparador físico pessoal. Todavia aos 35 anos podia fazer tudo isso, se não fosse um prodígio físico e um futebolista de eleição, não chegaria onde está – um dos melhores de sempre.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.