Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Ibrahimovic-Ronaldo

O jogo Milan – Juventus teve tudo para ser uma grande espectáculo, só faltou o público. Teve emoção a rodos, golos e deu para ver os portugueses em campo a brilhar. Ronaldo pela Juventus sempre a marcar à cinco jogos consecutivos e Rafael Leão um menino de 21 anos, que saiu do banco e marcou.

Ver jogar Ibrahimovic é sempre fantástico, num lance pode fazer a diferença, para além, da sua envergadura física 1,95m dá cabo de uma defesa. Qualquer jogador com a sua altura limita-se a jogar de cabeça e pouco mais. Todavia Ibrahimovic tem uma técnica apurada e uma leitura de jogo impressionante, o 2.ºgolo de Kessié é uma assistência de Ibrahimovic que dá o empate e catapulta o Milan.

Ibrahimovic nas suas declarações com o ego do tamanho do Mundo afirmou: "se tivesse chegado no início da época, o Milan ganhava o Scudetto." Não sei se ganharia, mas com certeza estaria melhor qualificado. A sua mentalidade e personalidade transmitem ao grupo, uma vontade e um estilo que nunca se rende, são únicas e contagiam o balneário. Rafael Leão que o diga pelos conselhos que recebe e os procura aplicar em campo.

A Juventus teve tudo na mão, mas deixou fugir o resultado. Não é habitual estar a vencer por 2-0 e ir perder por 4-2. Aquela defesa está uma lástima. Ronaldo continua a fazer a diferença, apesar dos seus 35 anos. É notável, marcou o seu vigésimo sexto golo e já está em 4.ºlugar na Bota de Ouro.

Gostei de ver a provocação de Ronaldo aquando da marcação do penálti de Ibrahimovic e o sorriso do sueco para o português depois de marcar golo. Uma tentativa de desestabilizar, mas que não sortiu o seu efeito.

É por isso que eu gosto de ver um jogo de futebol do início até ao fim. A entrada dos jogadores, a troca de olhares, os cumprimentos que agora não se realizam, as disputas durante o jogo, as bocas e as pequenas conversas. Sem público tudo é mais perceptível e audível.

Um grande jogo de futebol em que se viu frente-a-frente Ronaldo e Ibrahimovic. A Juventus perdeu, mas manteve a distância de 7 pontos da Lazio que também perdeu e não aproveitou.  Se porventura não houver nada de anormal a Juventus vai-se sagrar campeã de Itália.

Tenho pena se Ibrahimovic deixa de jogar em Itália. O futebol italiano subiu de nível com a vinda de grandes jogadores. Agora só falta o Messi dar uma ajuda, vir e tornar o futebol italiano o mais sonante e o melhor.

 

Fundador do Clube dos Pensadores

*escrevo ao abrigo do antigo AO

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.