Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Messi 700, Ronaldo bomba

1 - Esta terça-feira havia dois jogos que faziam parte dos que gostaria de seguir. O Barcelona- Atlético de Madrid e o Bolonha – Juventus. Passei a seguir o Real Madrid, aquando da passagem de Mourinho e Ronaldo. O Barcelona teve meio percalço, empatou 2-2, o Real Madrid poderá encarreirar para ser campeão, o que não acontece há vários anos. No Atlético de Madrid sobressaiu Carrasco um jogador que desequilibra e faz jogar. Não é normal um jogador ter ido para um futebol menos competitivo como o chinês, no Dalian Yifang e ter voltado em grande à Europa com um futebol muito mais competitivo e com índices de exigência brutais. Um jogo de loucos com três penáltis, Messi este ano vai ter que esperar, mas fez o seu golo 700.

 

Aproveitei as horas desencontradas que me permitiu no intervalo do jogo Barcelona – Atlético de Madrid para assistir a um fabuloso golo de Ronaldo a lembrar os velhos tempos, uma autêntica bomba fora da área. A Juventus tem uma forma de jogar que não se encaixa no estilo de Ronaldo. À Juventus falta criatividade, arte e engenho para servirem Ronaldo. Mas, Ronaldo ao não ser servido vem buscar jogo e depois percorreu vários metros e à entrada da área fez um disparo fabuloso, parecia um míssil.

 

2 - Jürgen Klopp, o alemão mais latino que conheço, temperamental, comunicativo e simpático fez com que o Liverpool fosse campeão. Este feito não acontecia há 30 anos e segue-se à Champions em 2019. Klopp é um coordenador construtivo, capaz de abordar os problemas e delegar responsabilidades. É contra gastos supérfluos, desde 2015 só gastou 100 milhões de euros em contratações. Contruiu uma equipa à sua imagem e que tem uma qualidade ímpar. Estou-me a lembrar de Coutinho que saiu de Liverpool para o Barcelona e arrasta-se por onde passa, sendo uma sombra do que foi. Klopp tem a arte e engenho de tornar os jogadores enormes no seu modelo táctico.


3 - O Benfica espalhou-se na Madeira e Bruno Lage teve guia de marcha, sendo o menos culpado de tudo que se passa no Benfica. O futebol do Benfica é muito prejudicado por tudo que gira à sua volta. É impossível blindar o futebol do Benfica com tantas suspeitas e tantos casos.

O Porto tem aproveitado esta queda livre do Benfica e caminha a passos largos para ser campeão. Nisso, Pinto da Costa é o melhor, consegue blindar a equipa de futebol a tudo que se passa noutras áreas no clube. Pinto da Costa cria todas as condições para o Porto se afirmar. E, aí está, a caminho de mais um título.

 

Fundador do Clube dos Pensadores

*escrevo ao abrigo do antigo AO

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.