Record

Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Real Madrid - a era Lopetegui

O Real Madrid está em queda livre, nada que me espante, Lopetegui não é treinador para a enormidade do Real Madrid, bem fez Zidane antes que fosse triturado saiu quando se apercebeu que Ronaldo vinha embora.

Lopetegui nunca deveria ter saído da selecção espanhola, muito acima de um clube está o seu país. O dinheiro e o prestígio não podem casar com o vale tudo a querer tudo a qualquer preço.

Florentino só respeitou dois treinadores: Mourinho e Zidane. Mourinho pela sua personalidade e impôs-se ao Barcelona de Guardiola à época invencível e Zidane pelos seus resultados que venceu três Champions, os outros trata-os a seu bel-prazer.

O Real Madrid perdeu jogadores importantes: Danilo, Pepe, James, Morata, Kovacic e finalmente Ronaldo. Todos foram embora por culpa de Florentino Pérez.

Florentino só pensa em cimento e em dinheiro, fazer um novo estádio e gastar o menos possível, acha que estar no Real Madrid é um privilégio, é um grande construtor civil, mas nunca será um homem do futebol.

A culpa do que se passa no Real Madrid deve ser assacada a Florentino Pérez, Lopetegui deslumbrou-se em ir para o Real Madrid mas o seu tempo foi mal escolhido, como entrou, sai sem a mínima contemplação. Aliás, foi sempre uma escolha secundária porque outros recusaram. O episódio da saída da selecção espanhola em pleno Mundial mostra o deslumbre e a personalidade de Lopetegui, quando saiu do Porto foi um alívio para toda a gente.

A ausência de Ronaldo é evidente, aliás os adeptos já gritaram pelo seu nome. Vejam o que tem feito na Juventus, sem deslumbrar, mas já leva quatro golos, várias assistências e conta os jogos por vitória. Melhor é impossível!

O Real Madrid é uma equipa que joga em profundidade e não em tic-tac, mas para isso precisa de um Ronaldo que foi embora e o Real Madrid ficará órfão por muitos anos.

A crise no Real Madrid não atingiu maiores proporções, porque o Barcelona não está melhor e quem segue na frente do campeonato espanhol é o surpreendente Sevilha.

O Real Madrid está em crise de resultados e de identidade.

Já se fala na substituição de Lopetegui, que é o novo Rafa Benítez. Auguro que não chega ao Natal, Lopetegui é o boneco pimpampum num ano de transição e como é muito ambicioso não percebeu que estava melhor na selecção do que no Real Madrid depois deste ter vencido três Champions e a saída de Ronaldo, outros treinadores recusaram e bem o precipício.

O grande responsável por esta crise é Florentino Pérez que não soube acarinhar e manter Ronaldo, sonhando sempre com um Neymar displicente e intermitente, mas quem vai ser o responsável é Lopetegui.

É o preço da marionete de Florentino é um mal menor.

Fundador do Clube dos Pensadores
*escrevo ao abrigo do antigo AO
Deixe o seu comentário