Clube dos Pensadores

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Ronaldo na Juventus

Ronaldo que custou à Juventus 400 milhões de euros, pela transferência paga ao Real Madrid e salários que vai auferir durante 4 anos.

Na sua nova vida em Turim as cifras astronómicas serão uma constante. A sua chegada vai revolucionar a Liga Italiana, mas também, tudo relacionado com ele. As camisolas estão a vender -se tanto que dentro em breve está amortizado, porventura antes de começar a jogar. Jorge Mendes foi mestre em arranjar alguém que se interessasse por Ronaldo e conseguiu desvinculá-lo de Madrid.

Ronaldo vai viver perto dos Agnelli, a família símbolo de Turim, proprietária da Juventus e das multinacionais Fiat e Ferrari.

Espera-o em Turim uma vida de luxo, moda e com certeza futebol. A Juventus deu um golpe no mercado do futebol, na publicidade e no marketing. Mourinho tem razão ao dizer que, "a partir de agora todos seguirão em Itália Ronaldo, em Espanha Messi e a Premier League porque é a melhor e mais espectacular. Registei que não falou de Neymar nem da liga francesa.

Tudo que é ligado ao futebol eu tenho por costume relativizar, gosto de futebol, mas não vivo de futebol, mas reconheço que a chegada de Ronaldo excedeu todas as expectativas, nos últimos tempos é a loucura total, falou-se mais da ida de Ronaldo para a Juventus do que do próprio Mundial.

Milhares de adeptos italianos na sua recepção, a venda de camisolas, a procura de bilhetes, as acções da Juventus aumentaram mais de 30%. A imprensa a estar presente e dar notícias em peso. Incrível!

Li no Record que Ramón Calderón, antigo presidente do Real Madrid e um dos responsáveis pela contratação de Cristiano Ronaldo há nove anos, considera que a sua venda para a Juventus é um erro de Florentino Pérez. Florentino Pérez nunca pensou que Ronaldo saísse, era mais um arrufo de Ronaldo, mas enganou-se e Ronaldo veio mesmo embora.

O futuro confirmará que foi um erro e vai pagar caro por isso. Nas próximas eleições para a presidência do Real Madrid vai ter opositores e pode-lhe custar o lugar tudo depende da campanha de futebol do Real Madrid, em que não auguro nada de bom, ainda por cima com Lopetegui.

Ronaldo saiu do Real Madrid com uma performance extraordinária: 451 golos em 438 partidas, máximo goleador na história do Real Madrid, 120 golos na Champions, máximo goleador na história do torneio europeu, 2 Ligas, 4 Champions, 4 Balões de Ouro, 2 The Best, entre outros. Com todo o respeito por Di Stéfano, CR7 é o melhor jogador na história do Real Madrid. Florentino Pérez crê que este assunto vai ser rapidamente esquecido e que vai fazer uma nova grande equipa, mas está enganado. Não será fácil substituir Ronaldo, Real Madrid antes de Ronaldo - 9 Champions, despois de Ronaldo – 13 Champions. O Real Madrid deve mais a CR7 que CR7 ao Real Madrid. Florentino Pérez acha-se o supra- sumo, que tem tudo controlado. Ronaldo saiu por divergências, falta de carinho e de apoio principalmente com a justiça espanhola. Ao contrário Messi no Barcelona teve a cobertura da direcção.

Florentino Pérez é um falso modesto que se julga acima de tudo e de todos. O que fez com a selecção espanhola, antes do mundial, ao criar aquela confusão toda com Lopetegui, estando-se nas tintas para Espanha, só demonstra que só pensa no seu umbigo e resolver os seus problemas. A sua conduta foi decepcionante e só acentua o seu autismo egoísta. Os espanhóis não lhe vão perdoar e o futebol é tratado com muito dinheiro, mas há ainda uma réstia de dignidade e empatia.

A ida de Ronaldo para a Juventus não foi só uma perda para o Real Madrid, foi também para o futebol espanhol. A grandeza de CR 7 está em que não se confina a um país, tem 330 milhões de seguidores nas redes sociais , n.º1 de do desporto no mundo.
Neste preciso momento todo o mundo quer seguir o Calcio e está ansioso por ver Ronaldo jogar. Sinceramente nunca pensei que o Real Madrid cometesse este erro Crasso, um jogador deste calibre aparece de 100 em 100 anos.

Por outro lado, a sua venda à Juventus pelo impacto que está a ter, parece que dentro da Juventus vai haver um novo clube que se chama CR7 FC. Zidane parece que está a caminho como assessor desportivo. O resto Allegri vai montar um esquema táctico para Ronaldo poder brilhar.

Valdano diz que, "o futebol é o mais importante depois das coisas importantes de verdade". Mas em Itália e no Mundo não se fala de outra coisa e isso será uma mais-valia para Itália, Juventus, Ronaldo e o próprio futebol.

Nota: A Croácia mereceu ser campeã do Mundo, porém, como é habitual com a França, altos interesses (var)ados se levantam. A mão de Peresic é involuntária e não há falta sobre Griezman, em que o livre deu o 1.ºgolo à França.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.