Leonor Pinhão
Leonor Pinhão

Campeão de rugido

A lesão súbita de Júlio César, entregando a baliza ao jovem Ederson, e os 4 golos de Cristiano Ronaldo ao Celta de Vigo, ultrapassando Jonas na corrida pela Bota de Ouro pareciam indicar uma noite funesta. Mas Ederson esteve simplesmente magnífico. É verdade que não brilhou tanto como brilhou no jogo em que foi titular contra o Oriental, em Marvila. Mas também não deixa de ser verdade que o ataque do Sporting não o incomodou tanto como o do Oriental nessa tarde já distante em que Ederson se deu a conhecer aos benfiquistas num joguinho para a Taça CTT.

Quanto a Jonas, ultrapassado por Cristiano Ronaldo, voltou a não marcar a um ‘grande’ mas como os golos de Cristiano Ronaldo não reverteram a favor do Sporting não veio mal maior ao Mundo. E como foi dos pés de Jonas que saiu o golo do Benfica – trocando as voltas e os rins a um adversário e metendo a bola na área para o pontapé de ressaca de Mitroglou – está absolutamente desculpado este magnífico jogador, um dos melhores estrangeiros que já serviu o Benfica, e isto é dizer muito.

O Benfica ganhou ontem ao Sporting porque foi melhor. Na primeira parte não deixou o Sporting jogar como gosta e na segunda parte obrigou o Sporting a jogar como não sabe e não está vocacionado. Mas, à campeão, verdadeiramente à campeão, esteve o Benfica no último quarto de hora do jogo quando era suposto ser encostado às cordas pelo adversário. E não foi. Com uma frieza notável, o Benfica soube matar os fantasmas das anteriores derrotas com o grande rival e acabou o jogo com grande categoria.

Nas encenações que precederam o jogo foi visível o otimismo dos anfitriões. RUGIDO DE CAMPEÃO, podia-se ler em letras garrafais no relvado. A 9 jornadas do fim, parecerá um festejo um bocadinho precoce este de se autointitular campeão na receção ao campeão em título. Mas se invertermos a ordem da frase – CAMPEÃO DE RUGIDO – já se justifica plenamente porque ilustra na perfeição o que tem sido o Sporting em termos de chinfrineira e de gritaria desde que, em junho, se anunciou como candidato a vencer todas as competições em carteira.
1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade