Cartão branco

Luciano Gonçalves
Luciano Gonçalves Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol

Faz sentido? (parte 1)

Estaremos nós à altura de conseguir manter os nossos jovens no futebol? Fará sentido a pressão e a ausência de diversão que os jovens na formação sentem desde cedo? Muitos deles, quando chegam a juniores A (18/19 anos) já têm 14 anos de futebol e muitos poucos de diversão, pois desde cedo começaram a ter campeonatos com classificação, algo que apenas deveria acontecer a partir dos 14 anos. Fará sentido obrigarmos jovens a treinar três a quatro vezes por semana, depois de dias de aulas preenchidos? Fará sentido jogarem todos os fins-de-semana? Fará sentido que, quando terminam os campeonatos, ainda fazerem torneios em vez de ir de férias?

Fará sentido os pais, desde cedo, pressionarem os filhos a terem bons desempenhos no futebol, esquecendo tantas vezes a mesma exigência na escola? Fará sentido julgarem estar ali a salvação financeira da família? Será esta formação que queremos? Não será este um dos motivos que faz tantos desistirem aos 18/19 anos? Não será uma injustiça que, quando chegam a seniores, muitos clubes abdicam dos seus serviços em troca de estrangeiros de qualidade duvidosa? Não estará o futebol a ser ultrapassado pelo futebol virtual? Estarão estes jovens dispostos a serem os adeptos do amanhã, que compram o seu bilhete e vão assistir a um jogo de futebol, tal como para ir ver um concerto ou um festival de jogos eletrónicos?

A FPF já detetou algumas fragilidades mas todos nós, enquanto agentes desportivos, devemos unir-nos, de uma vez por todas, na tentativa de encontrar uma fórmula que permita o equilíbrio entre o negócio e o lazer por forma a que os nossos jovens cresçam sem pressão. Deixem-nos tratar o treinador por míster, o Árbitro por senhor Árbitro, o colega por amigo e reconhecer o pai como o seu fiel adepto e fã, e não por Árbitro/treinador/dirigente/empresário...

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais