Visto de cá

Luís Avelãs
Luís Avelãs Jornalista

Sem margem para errar

O jogo com a Islândia não correu bem a Portugal. ‘Faltou uma pontinha de sorte’, disseram uns; ‘Não jogámos grande coisa’, asseguram outros. Nesta altura, admito, não interessa perder mais tempo a tentar perceber (pela enésima vez) as razões que nos levaram a deixar escapar 2 pontos. Fernando Santos, seguramente, tirou as suas ilações. Agora, obrigatório é derrotar a Áustria. Com ou sem sorte, jogando muito ou pouco. É ganhar ou ganhar.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.