Record

Números da Liga

Luís Avelãs
Luís Avelãs Jornalista

A pólvora seca do Estoril

Com o nulo caseiro diante do Portimonense, o Estoril cumpriu a sétima jornada consecutiva sem festejar um único golo. Um registo tão cinzento quanto raro (quinta vez na história do campeonato nacional) e que não se verificava desde a temporada 2013/14, quando o Belenenses esteve exatamente o mesmo número de jogos (entre as rondas 10 e 16) em jejum.

Mas, se o facto em si é merecedor de análise, ganha mais relevo se se acrescentar que a formação canarinha – apesar de ser juntamente com o Moreirense a que marca menos golos na prova, apenas 8 – é das que mais remata. Tanto que, por surpreendente que pareça, é a terceira nessa lista. Os seus 151 ‘disparos’ à baliza só ficam atrás dos 215 de FC Porto e dos 203 do Benfica, as equipas que – dentro da lógica – são as que mais golos conseguem.

O problema do Estorilnão está na falta de cadência ofensiva, nem na cerimónia em visar as redes adversárias. A comprovar isso, por exemplo, pode dizer-se que nas duas derradeiras jornadas – sob a liderança de Ivo Viera – ninguém rematou mais que os estorilistas. Porém, as 38 tentativas (à frente das 30 do Aves e das 29 do Benfica) não produziram um só golo. Acertar no alvo é que tem sido uma autêntica dor de cabeça para a equipa que, feitas as contas, só festeja um golo a cada 18,88 remates. Até Moreirense e Aves, as segunda e terceira equipas com pior eficácia, precisam de consideravelmente menos ‘tiros’ para bater os guarda-redes contrários: 15,75 e 12,17, respetivamente.

No polo oposto surge o Sporting. Os comandados de Jorge Jesus são apenas sétimos no ranking de remates (141), sobem a terceiro no total de golos obtidos (27) – apenas superados pelos rivais FC Porto e Benfica – mas são os melhores na relação entre ‘disparos’ e concretizações. A cada 5,22 tentativas o conjunto de Alvalade marca, com Sp. Braga (6) e Portimonense (6,23) a apareceram nas posições imediatas.

Curiosos são os dados do Marítimo. Apesar de ser a formação com menos remates (97) é a quarta com melhor desempenho, já que fatura a cada 6,93 tentativas. Dito de outra forma: é preciso é rematar bem e não muito...

Sabia que...

Pela primeira vez na época o Benfica não marcou? Após o 0-0 no Dragão, agora é o Sp. Braga quem marca há mais jogos seguidos (8). Os encarnados pararam uma sequência de 20 partidas a faturar na liga (8 +12).

Zivkovic foi o primeiro benfiquista a ser expulso? Com o vermelho visto pelo sérvio no Porto, agora só três equipas (Sp. Braga, Boavista e Sporting) continuam sem expulsões.

Esta foi a jornada com mais foras-de-jogo? Foram assinalados 48, mais 7 que o anterior máximo, verificado na ronda 7.

Foi igualado o máximo de penáltis numa jornada? Os cinco assinalados no decorrer desta ronda 13 foram exatamente os mesmos que na jornada 11. Como curiosidade, diga-se que Belenenses e Marítimo são os únicos clubes que ainda não beneficiaram de um. Já Estoril e FC Porto são os únicos emblemas sem castigos máximos contra.
Deixe o seu comentário