Números da Liga

Luís Avelãs
Luís Avelãs Jornalista

Ganhar com o plano B

O Benfica venceu pela primeira vez esta época um duelo direto com os principais rivais e isso valeu-lhe o salto para o comando do campeonato. No entanto, no final, muito se falou da postura pouco ofensiva das águias. Ora, essa crítica tem fundamento estatístico mas, naturalmente, não retira brilho ao triunfo encarnado em Alvalade. O que estava em causa eram três pontos e não o número de oportunidades, remates, cantos, faltas ou outro qualquer.

Mas, de facto, como podemos ver no quadro ao lado, foi um Benfica atípico aquele que saiu vencedor da deslocação ao reduto do Sporting, com alguns números bem abaixo das respetivas médias. Mas o futebol (e todos os outros desportos) é mesmo assim: nem sempre os dados vão ao encontro do normal. Aliás, basta recordar o dérbi da primeira volta, quando os leões conseguiram na Luz uma robusta vitória por 3-0, para confirmar isso mesmo. Nesse encontro, o Sporting rematou menos cinco vezes do que o adversário (7-12), só dispôs de um pontapé de canto e cometeu mais faltas (23). Ficou, efetivamente, bem longe das suas médias de 14,36 'disparos', 6,84 cantos e 16,28 infrações. Mas nem por isso deixou de marcar três vezes (e esteve perto da quarta), quando a sua média não chega a dois 'tiros' certeiros (1,96) por jogo.

Ganhar é sempre o mais importante no desporto profissional, e sendo certo que as grandes equipas usam preferencialmente o seu modelo tradicional para procurar triunfos, conseguir vencer quando, por vezes , é necessário recorrer ao plano B... é positivo.

Para reforçar essa ideia, convém ter presente que, em determinados jogos, não basta atacar muito para colocar a bola dentro da baliza contrária. Benfica e Sporting sabem bem isso. Duvida? O máximo de remates (30) e cantos (13) que o Benfica atingiu esta temporada ocorreu na 2.ª jornada, na derrota (0-1), em Aveiro, com o Arouca. Já os leões, na 14.ª jornada, 'dispararam' 24 vezes e beneficiaram de 13 cantos, na Madeira, perante o União, e - coincidência ou não - também perderam . Em suma, atacar muito ajuda... mas não é garantia de que tudo corra bem.

SABIA QUE...

O Sp. Braga é a equipa que há mais tempo não perde na Liga? Os minhotos - que nesta ronda superaram o FC Porto - vão em oito jornadas sem conhecer o sabor da derrota.

Tal como na ronda anterior foram apontados 18 golos nesta jornada? Estranho é que antes desta quebra de eficácia, a Liga teve 13 rondas com um mínimo de 20 remates no alvo.

O surpreendente Arouca (5.º lugar) não sofreu golos nos últimos quatro jogos? Esta é a melhor sequência na prova. U. Madeira, Belenenses, Sp. Braga e Tondela foram as equipas que ficaram em branco contra a formação de Lito Vidigal. Neste último jogo, nem de penálti Bracali foi batido.

Uma vitória bastou para a Académica 'respirar melhor'? Os estudantes seguiam num ciclo de sete jogos sem vencer, mas o êxito sobre o V. Guimarães - aliado à derrota do Boavista - valeu sair da zona de descida.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.