Números da Liga

Luís Avelãs
Luís Avelãs Jornalista

Poder de fogo de Jonas tem um peso cada vez maior

O agora líder Benfica possui também o ataque mais concretizador, com 73 golos. E sem colocar em causa o trabalho de todo o grupo, a verdade é que o sucesso dos encarnados deriva em grande parte do rendimento de Jonas que, após os dois golos diante do V. Guimarães, chegou aos 33 na conta pessoal. São golos e mais golos, tantos que, sozinho, o brasileiro já acertou mais remates do que... nove equipas.

Por mais improvável que possa parecer, o sul-americano soma mais golos, sozinho, que Estoril (24), Belenenses, Feirense e Moreirense (25), Aves e Boavista (29), P. Ferreira (30) e Tondela e Marítimo (31)! Jonas iguala ainda o total de golos do Chaves e não está longe de V. Setúbal (34), Rio Ave e V. Guimarães (35). São dados notáveis que ajudam a explicar o facto de o internacional canarinho ser, nesta altura, um dos principais goleadores na Europa. Mas se olhar para o total de ‘tiros’ certeiros dá automaticamente para perceber o nível do desempenho de Jonas, convém salientar o peso que os seus golos têm no rendimento coletivo. E também aí o brasileiro se destaca. Aliás, não há outro jogador na Liga cuja percentagem seja tão alta: 45,2% dos golos das águias são de Jonas. Olhando para as 17 restantes formações, apenas o sportinguista Bas Dost (43,3%) e o vimaranense Raphinha (40%) conseguem dados próximos dos de Jonas. De resto, os restantes melhores marcadores de cada clube não chegam aos 30% do total de golos das suas equipas. Assim sendo, Jonas é cada vez mais importante para o Benfica. Até porque consegue fazer ainda mais do que ‘apenas’ faturar...

SABIA QUE...

O Chaves mantém a sua pior sequência na época? Os flavienses perderam os últimos quatro jogos.

O Benfica nunca tinha ganhado oito jogos seguidos? O assalto à liderança coincidiu com o melhor registo das águias em toda a temporada: oito vitórias consecutivas e quatro partidas sem permitir um só golo aos opositores.

O FC Porto voltou a liderar o ranking dos remates? Apesar de ter perdido no Restelo (0-2) e com isso ter sido desalojado do comando da prova, o conjunto azul e branco recuperou o estatuto de formação mais rematadora na prova (fez 26). Agora, os portistas somam 458 ‘disparos’, contra os 455 do Benfica.

O Moreirense tornou-se a primeira equipa a ter três expulsões no mesmo jogo? Aconteceu em Portimão, num encontro em que os cónegos desaproveitaram uma vantagem de três golos e acabaram derrotados por 4-3. Um resultado bastante invulgar na Liga.

2
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.