Três sentenças

Luís Pedro Sousa
Luís Pedro Sousa Chefe de redação

Pela 'VARdade'

1 - A verdade é o bem mais precioso que o desporto tem. Quem quer assistir ou participar num espetáculo justo e credível tem de estar satisfeito com a introdução do vídeo-árbitro nestas primeiras jornadas da Liga. A utilização da tecnologia não tem sido perfeita, nem nunca o será – principalmente para aqueles que em nome da clubite aguda se mostram ávidos em inventar focos de polémica – mas não faltam os exemplos fiéis de que a verdade desportiva ficou salvaguardada. O Benfica-Portimonense foi só mais um.

FC Porto na frente, como é óbvio

2 - Se é cedo para fazer balanços em relação ao vídeo-árbitro, pois há muito para acontecer, ainda mais o é no que diz respeito à Liga, que ainda não fechou a 5.ª jornada. Apesar disso, parece consensual que tem sido o FC Porto a merecer nota de maior destaque neste arranque de campeonato. Os dragões, que até já tiveram o compromisso mais difícil, passando na deslocação a Braga, apresentam o futebol mais dinâmico, intenso e envolvente e, até ao momento, o plantel a dar mostras de maior equilíbrio.

Um dis histórico na Volta a Espanha

3 - A Vuelta acabou (hoje é apenas a etapa de consagração) de forma espetacular, assim como espetacular foi quase toda a prova. Chris Froome acabou de forma eloquente com as últimas dúvidas e prepara-se para juntar, no mesmo ano, a vitória na Volta a Espanha à conquista da Volta a França. Mas ainda mais espetacular esteve ontem Alberto Contador, por sinal aquele que deu maior contributo para excelência desta competição. O espanhol despede-se, triunfando, como merecia, no Angliru. E já é uma saudade para quem gosta de ciclismo.
1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade