De olhos na bola

Octávio Ribeiro
Octávio Ribeiro Diretor-geral da Cofina

As asas da crise

Só um fenómeno nacional ultrapassa a velocidade da luz – a chegada da crise às maiores equipas de futebol. Agora é o Benfica que já vê o autocarro rodeado por adeptos, ouve petardos e cheira a pólvora. O quero tudo e quero agora tem hipérbole nas claques da bola.

Da mesma forma que defendi há semanas que o Sporting não estava afastado do título (dias depois da cordial visita dos chefes da Juve Leo a Alcochete), devo escrever agora que o Benfica não está ainda em crise. Passa apenas por uma estranha fase de desorientação. Uma desorientação inexplicável mas profunda. Que leva o treinador a más opções no desenho da defesa, na meia-final da Taça da Liga. Que motiva palavras duras ao árbitro, após a derrota. Com Rui Vitória fora do banco, a desorientação aprofunda-se no Bonfim, com uma equipa à deriva, sem capacidade de encontrar espaços. A jogar lentamente, de pé para pé, para trás e para os lados. É janeiro, o Benfica está exausto?

O momento mais marcado e quase ridículo de insegurança, neste Benfica de Setúbal, chega a meio do primeiro tempo, quando os laterais trocam de flanco, para depois voltarem do intervalo nas posições iniciais. No flanco direito, durante longo tempo, o mais eficaz tampão às naturais subidas de Nélson Semedo foi o seu colega Zivkovic, incapaz de procurar jogo na meia direita. O jovem canhoto colou-se tanto à linha lateral, que esta, mais do que um mero traço no chão, parecia servir-lhe de bengala. E ninguém diz ao miúdo para entrar mais para dentro dos lances? Ninguém o ensina a deixar espaço ao pé direito de Semedo?

A crise pousou agora as asas na Luz. Vamos ver se voa e para onde, depois do clássico no Dragão.

1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.