Dentro do balneário

Paulo Futre
Paulo Futre

O sábio de Hortaleza

No dia 1 de fevereiro fez dois anos que faleceu Luis Aragonés. O sábio de Hortaleza, como ele era conhecido em todo o Mundo, foi o pai do 'tiki-taka' e o grande culpado pelas conquistas da seleção espanhola nos Europeus de 2008 e 2012 e no Mundial'2010. Ele foi o selecionador que meteu a Roja a jogar daquela maneira espetacular no Europeu da Áustria e Suíça. Tive o privilégio de trabalhar vários anos com ele no Atlético Madrid. Primeiro como jogador e mais tarde como diretor desportivo. Nestes 24 meses sem o Luis Aragonés, quando estou tranquilamente relaxado com os meus amigos espanhóis, algum deles diz-me sempre: "Conta-me alguma historia do sábio." Dentro de alguns anos serão os filhos e os netos destes amigos a fazerem-me a mesma pergunta. O sábio de Hortaleza será eterno.

Os três treinadores que mais me marcaram foram ele, o Artur Jorge e o Fabio Capello, mas sem dúvida que o Luis Aragonés foi o rei dos motivadores. Tenho muitas histórias com ele. No dia da final da Taça do Rei de 1992, no Estádio Santiago Bernabéu e contra o Real Madrid, acordou-me às nove da manhã e perguntou: "Lembras-te dos insultos feitos por Míchel, Gordillo e Fernando Hierro ao teu companheiro de equipa e amigo, Pizo Gómez?" "Sim, recordo-me", disse. "E sabes que as barbaridades que disseram ao Pizo não foram dentro de um campo de futebol, não sabes? Tu sabes onde e como o humilharam, não sabes?", prosseguiu. "Sim, claro que sei. O carro onde iam os três jogadores do Real coincidiu com o do Pizo num semáforo e eles começaram a gozá-lo com ironias e frases do estilo: 'Pizo, és o nosso ídolo. Não me dás um autógrafo?' Além disso, disseram mais algumas coisas a meterem-se com a esposa dele, entre outras humilhações", lembrei eu. "Pois bem, português, sabes porque estou aqui, a esta hora, no teu quarto, a olhar-te nos olhos fixamente?", questionou. "Porquê?", perguntei eu, ainda com um olho fechado e outro aberto. "Porque hoje vamos vingar o Pizo. Porque hoje esses três vão pagar pelos insultos que lançaram ao teu companheiro. E vão recordar a noite de hoje até ao último dia das suas vidas. A partir desta noite, tu vais tornar-te o grande ídolo de Michel, Gordillo, Hierro, do teu grande amigo Paco Buyo e companhia. Hoje não podes falhar. Estás totalmente proibido de errar. Hoje será o teu dia. Deves humilhá-los como eles fizeram ao teu companheiro. Agora podes voltar a dormir, mas lembra-te de que esta noite não podes falhar."

Disse isto e foi-se embora do meu quarto. Depois destas palavras, obviamente que já não consegui voltar a dormir. Para mim, o jogo da final tinha acabado de começar às 9 da manhã. E era precisamente isso que o sábio desejava. O seu grande objetivo era que eu começasse a jogar a partida mentalmente cerca de doze horas antes do apito inicial.

Tal como nesta ocasião, Luis Aragonés já me tinha acordado muitas vezes da mesma maneira. A mexer-me na parte psicológica. Era a sua forma de mentalizar-me para eu chegar ao êxito. Sempre com um motivo diferente. Sempre com uma nova história. Aquele dia seria para vingar Pizo Gómez. Resultou: foi um dia histórico para todos os colchoneros, ganhámos 2-0 e o Pizo Gómez foi vingado.

Era um autêntico génio. Recordo-me que nos últimos dias de fevereiro dizia-nos sempre: "Se estamos perto dos dois tubarões Real Madrid e Barcelona nas últimas dez jornadas, que é onde se decide tudo, temos muitas possibilidades de ganhar a Liga." Este fim de semana joga-se a jornada 23 no campeonato português e após a 24.ª começará aquele que desde então é também para mim o momento da verdade!

CALDEIRADA DA SEMANA

Rafa Benítez

As declarações do ex-técnico do Real Madrid à televisão britânica BT Sports sobre o presidente Florentino Pérez caíram como uma bomba em Espanha. Frases como "o Real Madrid muda de treinador todos os anos, têm de começar sempre de novo", "esta é a razão por só ter ganho uma Liga e o Barça cinco nos últimos sete anos", ou mesmo "o Barcelona ganhou o dobro ou mais do dobro dos troféus que o Real desde que este presidente chegou". A polémica tem sido tremenda e o 'OkDiário' publicou na sexta-feira esta frase de alguns jogadores do Real: "Se nós falarmos do 'gordo' ele não treina ninguém nos próximos dez anos." Mais uma caldeirada para o Florentino Pérez, num ano que tem sido horrível para o presidente madrileno.

NÓS LÁ FORA

Cristiano Ronaldo

Na última quarta-feira, na primeira mão dos oitavos-de-final da Champions League, o Real Madrid ganhou 2-0 em Roma e deu um passo de gigante para passar à fase seguinte. Uma vez mais, o Cristiano foi crucial para a vitória dos merengues. O craque português fez mais um golo espetacular que silenciou os 'tiffosi' romanos. Outra obra de arte do CR7, que volta a estar num momento de forma espetacular. Não sei se o golo no estádio Olímpico de Roma estará no 'top 10' dos golos do Cristiano, mas o que é certo é que quando o bicho se retirar será quase impossível eleger os seus melhores 10 golos. Parabéns campeão e que continues neste nível até ao Euro de França.

ÁLBUM DE RECORDAÇÕES

Octávio Machado

Sempre disse que o Octávio Machado foi importantíssimo na minha carreira. Aqueles três anos maravilhosos que passei no FC Porto devem-se muito ao trabalho que o Octávio fez comigo dentro de campo e especialmente fora. Penso que nunca teria conseguido impor-me se não tivesse a sua ajuda constantemente. Ele estava sempre atento ao que fazia na minha vida privada e sempre me aconselhou para evitar os perigos e as armadilhas do dia a dia. Um jogador do Porto é rei na cidade, mas isto para um solteiro de 18 anos, como era o meu caso, era um perigo. Era fácil ir por outros caminhos e ele sempre esteve lá para me orientar. Falei com ele no dia seguinte ao susto da semana passada e desde estas linhas digo-lhe o mesmo: quero vê-lo rápido ao lado do Jesus, Raul José e do presidente!

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.