A luz intensa

Pedro Adão e Silva
Pedro Adão e Silva Professor Universitário

Penáltis. Que penáltis?

Pelo que se ouve dizer, se têm sido marcados os 485 penáltis que reclama só nesta temporada, por esta altura, o Porto liderava o campeonato nacional e seria favorito a vencer a Champions. Mas como penáltis por marcar há para todos os gostos e todas as repetições televisivas, talvez valha pena fazer outro exercício: olhar para os penáltis efetivamente marcados.
Os números, de facto, impressionam.

Nos últimos quatro anos, o Sporting teve 36 penáltis a favor; o Porto 32; e o Benfica 26. Será que este indicador nos diz alguma coisa? Se pensarmos que o Benfica foi a equipa que mais venceu e também a mais atacante nos últimos anos (288 golos marcados contra 256 do Porto e 249 do Sporting), é estranho que esta dinâmica atacante resulte num número inferior de grandes penalidades.

Tão relevante como o número de penáltis é, como é sabido, o momento em que são assinalados. E aqui, de novo, uma série longa causa estranheza: dos 36 penáltis de que o Sporting beneficiou, 14 foram assinalados com o jogo empatado; no caso do Porto, o rácio é ainda mais favorável, 17 em 32 (isto é, mais de metade); já o Benfica, em 26 penalidades, apenas seis foram marcadas com o marcador empatado.

Projetemos agora o exercício à atual temporada. Enquanto o Porto teve seis penáltis a favor, cinco deles foram assinalados com o resultado empatado; já o Benfica beneficiou de quatro penáltis, mas apenas um com o jogo empatado. É estatisticamente curioso que a equipa que mais atacou nos últimos anos seja aquela que tem menos penáltis e ainda mais curioso que estes sejam menos decisivos para a marcha do marcador.
Querem mesmo continuar a falar de penáltis?

2
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.