Abrir o jogo

Pedro Santos Guerreiro
Pedro Santos Guerreiro Jornalista

A virtude

Há um ditado em inglês que diz que "os ricos ficam mais ricos e os pobres têm mais bebés". Ganhar um campeonato nacional não significa apenas receber mais dinheiro no ano que se segue, mas também alimentar um círculo virtuoso que ajuda a reforçar a distância nos meios disponíveis face aos demais clubes.

É o que acontece hoje ao Benfica, como no passado aconteceu com o FC Porto. Com a diferença de que o Benfica é uma marca mais valiosa, porque tem mais adeptos e mais audiências televisivas. O Benfica já teve uma situação financeira calamitosa, hoje continua a ter uma dívida demasiado grande mas já não está descontrolada. E ganhar quatro campeonatos de seguida ajuda a que a SAD da Luz esteja a melhorar não apenas em relação ao passado mas também em relação ao Sporting e ao FC Porto.

Ser campeão traz mais adeptos aos estádios, aumenta as vendas de camisolas, promove melhor os jogadores para transações, dá melhor acesso à Champions, dá mais poder negocial na negociação de patrocínios e nos direitos de televisão. Ou seja, dá dinheiro. E estando o Sporting com custos salariais tão elevados sem semelhantes receitas, e o FC Porto numa situação financeira muito debilitada, quem parte melhor para a próxima época é… o Benfica.

Criar este círculo vicioso é obra do Benfica, da sua equipa e, sobretudo, de Luís Filipe Vieira. É ele quem, hoje, mais poder tem no futebol português. Não é pois por acaso que o FC Porto e Sporting fizeram agora as pazes: uniram-se por haver um "inimigo comum". Uniram-se contra o poder do Benfica, o tetracampeão candidato ao penta.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0