Abrir o jogo

Pedro Santos Guerreiro
Pedro Santos Guerreiro Jornalista

Lucros

Não há milagres. O Benfica apresentou os seus maiores lucros de sempre por ter ido aos quartos- de-final da Champions e por ter feito sobretudo duas grandes vendas, a de Renato e a de Gaitán.

Não há milagres. Tendo os maiores lucros do futebol português, o Benfica tem também o maior passivo. É normal, por ser o maior clube (tem também o mais valioso ativo). Mas já não é normal que esse passivo esteja a aumentar. A descida da dívida bancária está a ser compensada por emissões de obrigações, que têm custos elevados. Mas também as dívidas a fornecedores sobem.

Não há milagres. O Benfica garante que tem uma ‘folha salarial’ mais baixa no seu plantel mas gastou mais dinheiro com jogadores. Porquê? Porque pagou muito mais prémios de jogo. Isso quer dizer que ganhou. Mas também quer dizer que usou o dinheiro (os prémios) para motivar os seus jogadores.

Não há milagres. O Benfica tem as maiores receitas, superando os 200 milhões de euros na época passada, e assegura que mais de metade do dinheiro vem do estrangeiro. Das vendas de jogadores e da Champions. O modelo da internacionalização da atividade e do investimento na formação está a colher frutos.

Não há milagres. A SAD encarnada vivia afogada em dívida, num mar que não desapareceu de repente. Mas a gestão financeira e o tricampeonato têm conseguido que as contas resistam, num ano em que os outros dois grandes só têm prejuízos para mostrar. O Sporting ainda assim está no caminho ascendente. O FC Porto... bom, o FC Porto ninguém sabe. Talvez nem o próprio FC Porto.

3
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0