Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Importante é participar

Salvador Martinha
Salvador Martinha Humorista

Messi 2 ajudou Messi 1

Se a corrente anti-argentina tivesse um núcleo de adeptos seria certamente em Potugal. Na Madeira, proponho. Antes de Ronaldo gostávamos da Argentina, e, no fundo, ainda gostamos. São demasiado parecidos connosco para não gostarmos, mas, na guerra Messi-Ronaldo, todos temos um lado. Por norma, os portugueses são mais Ronaldo do que Messi e isso revê-se no prazer que a maioria retira do fracasso da selec«ção alviceleste. Fazemos piadas, partilhamos piadas...E ontem não torcemos pela Nigéria.
Estive a ver o jogo e posso afirmar que até agora a única equipa que contou com o Messi foi a Nigéria - que golão de playstation do Musa.

Voltou a colocar a Argentina nas contas do grupo e o jogo entre as duas equipas ditará o futuro. Será Messi contra Messi e o Mundo ficará a saber qual o verdadeiro e o qual o charlatão. Se Messi for realmente o Messi, a Argentina tem de ganhar, se não for, então é porque afinal é nigeriano. Do meu lado, já sabem, prefiro que o Messi 1 sofra do síndrome Wally e que todos continuem sem saber ao certo o seu paradeiro. Estou pela Messi 2 até se cruzar com o Ronaldo ‘único’.
Deixe o seu comentário
M M