Saída de campo

Sérgio Krithinas
Sérgio Krithinas Diretor Adjunto

Sinais de descrença

O FC Porto voltou aos triunfos, mas ainda não foi ontem que afastou as nuvens carregadas que chegaram ao Dragão vindas de Braga. Apesar de ter terminado com uma vitória justa, a exibição da equipa azul e branca esteve muito longe de ser entusiasmante para os adeptos que foram ao estádio. É um facto que o jogo se disputou a uma terça-feira, a más horas e com mau tempo, mas a presença de menos de 20 mil pessoas nas bancadas é um sinal de descrença que não pode ser subestimado. Aliás, mesmo levando em conta que ainda não houve clássicos em casa do FC Porto, é um dado muito relevante que os dragões estejam, nesta altura, com uma média de espectadores por jogo que é 20 por cento inferior à registada em toda a época passada.

Depois do que sucedeu após a final da Allianz Cup, nunca seria um jogo em casa com o Gil Vicente a desfazer as dúvidas que foram levantadas por Sérgio Conceição. Para o FC Porto, só há uma saída para este momento: vencer o clássico diante do Benfica de daqui a duas jornadas e, com isso, voltar a acreditar que o título é possível. Mas, até lá, será preciso jogar em Setúbal frente a um adversário que tem mostrado evidentes melhorias nas últimas jornadas. E, desconfio, será preciso jogar bem melhor do que ontem para vencer.

11
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais