Alta performance

Susana Torres
Susana Torres

O valor do desafio

Quando pensamos na situação ideal para desenvolver a nossa máxima performance, há um ponto essencial: o desafio. É uma situação ótima para crescer e evoluir. Então porque é que alguns jogadores aproveitam estas situações para evoluir e outros começam a diminuir os níveis de performance? A resposta é simples: porque uns se focam no benefício que lhes traz essa zona de desafio, enquanto outros colocam a atenção nos problemas que daí podem surgir. Existe uma forma de, perante um novo desafio, continuar a desenvolver e atingir mais e melhores resultados, e passa por uma análise de quatro pilares sobre os quais é necessário atuar.

Forças - Perante um desafio, é essencial fazer uma autoanálise das qualidades e características onde sou bom, do que me distingue dos outros, do que é a minha característica diferenciadora. Poderá ser visão de jogo, inteligência, velocidade ou qualquer outra característica.

Fraquezas - Tenho de ter a capacidade de observar o meu comportamento e perceber quais as situações em que poderia melhorar, onde verifico que há outros jogadores com maiores capacidades, e que eu considere que possa ser treinado.

Oportunidades - Importa olhar para o contexto onde nos inserimos e perceber quais as situações que me colocam em vantagem, o que pode favorecer os meus resultados e potenciar os meus objetivos, o que está à minha volta do qual eu posso tirar partido?

Ameaças - São as situações que me causam desconforto, que reduzem as minhas oportunidades e que eu considero que me podem de certa forma prejudicar. Normalmente os jogadores têm esta parte bem presente e definida - seja o treinador (pela ideia que possuem dele e das suas decisões), do colega que ocupa a mesma posição ou ainda na tendência para se lesionar.

Parte do nosso trabalho passa por transformar todas estas situações em oportunidades. Quando ganhamos clareza sobre estes quatro pilares que influenciam a nossa performance, temos criadas as condições para elaborar um plano de ação que nos permite transformar fraquezas em forças e ameaças em grandes oportunidades. Quando olhamos para um jogador como o Cristiano Ronaldo, conseguimos observar tudo isto em ação: por um lado tem um desafio constante que se chama Messi, o que significa que estas duas forças em ação vão criar a zona de desafio necessária para trabalhar a excelência. Por outro lado, CR7 soube sempre potenciar as suas características diferenciadoras, ao ponto de serem tão exclusivas que dificilmente encontramos outro jogador com o mesmo nível de execução, e também soube minimizar com trabalho as suas fraquezas. Não existe exemplo melhor de um jogador que transforma possíveis ameaças em oportunidades de mostrar a sua genialidade.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.